REPACTUAÇÃO DA DÍVIDA
Suely Campos se reúne com o presidente Temer
Gostei (3) Não gostei (0)
O encontro ocorreu no Palácio da Alvorada, em Brasília (DF); A crise migratória e a situação da Cerr também foram debatidas
Por Folha Web
Em 23/02/2018 às 13:20
Além da recuperação de dívidas, encontro da governadora com o presidente Temer tratou a situação da Cerr e da crise migratória (Foto: Divulgação/Secom RR)

A repactuação da dívida do Estado, que representa desconto mensal de R$ 22 milhões, foi um dos temas tratados no encontro da governadora Suely Campos (PP) com o presidente da República, Michel Temer (MDB), no Palácio da Alvorada, em Brasília (DF), nesta sexta-feira, 23.

Ao presidente, Suely explicou que a suspensão do desconto mensal por determinado período tem como objetivo auxiliar o governo a melhorar os investimentos de infraestrutura e atender a atual demanda gerada pela crise migratória, que incide no aumento da demanda de setores como saúde e educação.

“Sendo repactuada a dívida pública, o Estado vai ter fôlego, que vive hoje uma condição de sobrecarga nos serviços públicos com o aumento de imigrantes”, argumentou a governadora, ao ressaltar que o presidente ficou de analisar os termos que poderão ser feitos. “Ele [presidente] sempre atende as nossas audiências, agora precisa efetivar essa repactuação porque o Estado precisa respirar financeiramente”, enfatizou.

O ressarcimento do patrimônio da Companhia Energética de Roraima (Cerr) e a data para a inauguração da unidade da Casa da Mulher Brasileira no Estado também foi discutido no encontro com Temer.

“A obra já está pronta há aproximadamente um ano e o único empecilho para o funcionamento da casa são os equipamentos mobiliários. É necessária a abertura da unidade logo no mês de março, que é o da mulher, para ofertar atendimento adequado para a população”, disse a governadora

Com informações do Governo do Estado.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!