SAÚDE E INFRAESTRUTURA
Municípios de Roraima receberão mais de R$ 35 milhões em recursos
Dinheiro será usado para construção de pontes e feiras livres, implantação de rede elétrica e aquisição de equipamentos
Por Folha Web
Em 03/01/2018 às 01:30
Segundo o deputado federal Hiran Gonçalves, os recursos vão viabilizar a situação de infraestrutura e de saúde no interior do Estado (Foto: Divulgação)

Vários municípios de Roraima devem começar o ano de 2018 de forma positiva. O Governo Federal liberou mais de R$ 35 milhões para serem direcionados para o interior do estado. Os recursos estão empenhados. 

De acordo com uma planilha de liberação de recursos publicada no Diário Oficial da União, Iracema será agraciada com cerca de R$ 7,4 milhões dos ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e da Defesa, para a construção de pontes de madeira para atender às estradas e vicinais, à construção da Feira Livre na sede do município e à implantação de rede elétrica urbana com iluminação pública.

Já Caroebe vai receber em breve, via Ministério da Integração e da Agricultura, cerca de R$ 3,8 milhões para serem usados na recuperação de estradas, vicinais e para aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas.

Bonfim obteve R$ 1,9 milhão, repassados pelo Ministério da Agricultura. Esse recurso ajudará na construção da Feira Livre da Comunidade Indígena do Jabuti, adequação das estradas e vicinais da Vila São Francisco e aquisição de um caminhão toco.

Pacaraima ficou com a soma de aproximadamente R$ 1 milhão para serem direcionados para a construção de uma Feira Livre na região do Contão, aquisição de equipamentos para a conservação e refrigeração de produtos perecíveis e compra de maquinário agrícola.

O município do Cantá foi contemplado com a liberação da segunda parcela de R$ 600 mil, de uma obra no valor de R$ 1,2 milhão. Esses recursos servirão para a conclusão da iluminação da cidade.

Já o município de Amajari receberá R$ 3 milhões para recapeamento de ruas na Vila do Trairão e para serem investidos em educação ambiental, em um programa da Fundação Nacional de Saúde.

O Uiramutã também foi contemplado com aproximadamente R$ 500 mil para construção do Centro de Referência de Especialização de Assistência Social (Creas).

Por fim, o Ministério da Saúde, por intermédio do deputado federal Hiran Gonçalves (Progressistas), disponibilizou de 14 vans, dez ambulâncias e 13 consultórios odontológicos para atender aos 14 municípios do Estado, cujo valor do recurso está orçado em R$ 4,1 milhões. Também foi empenhado o montante de R$ 560 mil para equipamentos que serão utilizados no Hospital Délio Oliveira Tupinambá, em Pacaraima. Além desses recursos alcançados neste final de ano, Hiran Gonçalves destinou mais de R$ 15 milhões, fruto de emendas individuais para o orçamento de 2018.

Parlamentar articulou liberação de recursos em vários ministérios

O deputado Hiran Gonçalves (Progressistas) articulou para que os empenhos de recursos juntos aos ministérios da Integração, da Saúde, das Cidades, da Defesa e da Funasa pudessem ser feitos. Segundo o parlamentar, esses recursos já estão empenhados. “Estive visitando vários ministérios na tentativa de liberar mais recursos para serem investidos em 2018. Estamos trabalhando de forma intensa para que ainda tenhamos o empenho de mais verbas para investir nas nossas cidades e em benefício da população”, informou.

O ministro das Cidades, Alexandre Baldi, que tratou da liberação de recursos de Amajari, afirmou que a presença do deputado Hiran em Brasília, às vésperas do Ano Novo, foi fundamental para a liberação dos recursos. “Isso demonstra um compromisso e nos empenhamos em ajudar”, afirmou Baldi.

Também há um montante de R$ 14 milhões, indicados pelo deputado Hiran Gonçalves, em emenda de bancada, destinados ao município de Normandia, no que diz respeito à implantação dos sistemas públicos de abastecimento de água em sua sede. “Temos a intenção de promover a melhoria e a qualidade de vida da população deste município, oferendo o sistema moderno de abastecimento de água e ampliando e melhorando o já existente, aumentando a oferta de água potável e também construindo uma estação de tratamento”, explicou Gonçalves.

Com esse sistema de abastecimento de água, a população de Normandia, estimada hoje em mais de 3 mil pessoas residentes, será atendida em 100%, passando a ter em seus domicílios água potável e tratada. “Um ponto que eu gostaria de destacar é que, com a chegada da água de qualidade, as famílias passarão também a ter mais saúde, deixando para trás um passado de doenças advindas da água suja e de baixa qualidade”, completou.

Normandia também passará a contar com recursos na área de saneamento e, em breve, terá implantado em sua sede um sistema de esgotamento sanitário, o que beneficiará mais de 50% da cidade. Inaugurando uma nova realidade, todo o sistema de esgotamento vai receber tratamento, aposentando de vez as fossas sépticas.

Além do uso de verbas para saneamento, Gonçalves lembra que todo esse investimento foi projetado observando os eixos prioritários para melhorar a qualidade de vida das pessoas residentes em Normandia. “Sempre buscamos os investimentos para proporcionar essa qualidade, investindo em drenagem de águas pluviais, esgotamento sanitário, melhorias na rede de distribuição de água potável e coleta seletiva do lixo doméstico, com a operação da lixeira pública. Tudo em nome da saúde da população”, destacou.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!