MIGRAÇÃO VENEZUELANA
Ministério planeja mandar comida regularmente para imigrantes
Gostei (0) Não gostei (0)
O anúncio foi feito após uma reunião na qual foi citado o aumento da criminalidade, violência, prostituição e tráfico de armas e drogas, em meio ao forte fluxo migratório em Roraima
Por Folha Web
Em 07/03/2018 às 12:29
O Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, anunciou que seu ministério ficará responsável por mandar estoques reguladores de arroz e leite em pó.

O Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, anunciou que seu ministério ficará responsável por mandar estoques reguladores de arroz e leite em pó para Pacaraima, cidade próxima da fronteira entre Brasil e Venezuela, onde distribuições serão realizadas para imigrantes que estiverem fugindo da crise econômica, política e humanitária de seu país.  

O anúncio foi feito após uma reunião do ministro com o deputado federal Hiran Gonçalves (PP/RR), na qual foi citado o aumento da criminalidade, violência, prostituição e tráfico de armas e drogas, em meio ao forte fluxo migratório.

Nesse primeiro momento, segundo a assessoria do ministro Blairo Maggi, já está sendo planejado o envio de estoques de arroz, que são produzidos na região sul do país, bem como leite em pó. Além do ministro, o deputado também está agendando para se reunir com o presidente Michel Temer e tratar do mesmo assunto.

“Nós já vamos sair daqui para uma audiência com o presidente Temer e resolver essa questão no menor tempo possível, pois temos centenas de milhares de pessoas passando fome”, argumentou.

Same Borges alcantara disse: Em 07/03/2018 às 13:26:24

"Qual o problema de comprar o arroz dos produtores de Roraima....tem que ser do Sul !!!!!!! "

Castro disse: Em 07/03/2018 às 13:21:47

"Meu Deus vão transformar Roraima num estado modelo da miséria e da criminalidade estrangeira bando de covardes"

osmarina gomes da silva disse: Em 07/03/2018 às 13:00:38

"TA BOM, DA COMIDA E ABRIGO QUE ELES QUEREM. AGORA PEGA ELES PÕE EM UM SITIO OU FAZENDA PRA TRABALHAREM PRA VÊ SE ELES QUEREM. A ÚNICA COISA QUE ELES QUEREM É VIDA MANSA, NÃO SE ILUDAM, MOREI LA CONHEÇO BEM ESSA TURMA, ACOSTUMADA A VIVER DE ESMOLAS DO GOVERNO DELES, NÃO GOSTAM DE TRABALHAR. "

Rio Branco disse: Em 07/03/2018 às 16:45:10

"Medicamentos para verminose e malária que muitos pegam, eles vão vender nos garimpos e retornam para fazer novo tratamento, quem dirá leite e arroz, vão vender tudo e ficam mendigando de novo. Assim eles faziam com as cestas básica na época do Chavez."

Rildo Lopes disse: Em 07/03/2018 às 12:43:33

"Sei"