POLÍTICA
Assembleia aprova projeto que cria Farmácia do Povo
Proposta segue para sanção governamental, onde poderá se tornar lei
Por Folha Web
Em 12/12/2017 às 19:00
(Foto: SupCom ALE-RR)

Com o objetivo de oferecer uma alternativa à população para que tenha acesso a medicamentos considerados essenciais de forma gratuita, os deputados aprovaram durante a sessão desta terça-feira, 12, na Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR) o projeto que institui a ‘Farmácia do Povo’, de autoria do deputado Joaquim Ruiz (Podemos).

Conforme a proposta, o programa irá funcionar por meio de uma rede de farmácias e drogarias, credenciadas pelo Governo do Estado para fornecer medicamentos mediante apresentação de receitas médicas, quando não existir o remédio nas unidades de saúde do Estado.

“Construí este projeto com base nas dificuldades referentes a falta de remédios nos hospitais públicos do Estado, bem como nas demais farmácias administradas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Agora, quando não tiver o medicamento na farmácia do hospital, o enfermeiro responsável encaminha imediatamente para uma drogaria credenciada para que o cidadão possa adquirir o medicamento gratuitamente”, explicou Joaquim Ruiz.

O deputado reforçou ainda que para o paciente ter acesso aos benefícios do programa, é indispensável a apresentação do receituário do Sistema Único de Saúde – SUS, dos hospitais públicos do Estado.

Medicamentos serão fornecidos ao paciente gratuitamente mediante a apresentação da receita médica, na qual conste nome e CPF. “Esse projeto vem para solucionarmos este problema que é recorrente na rede estadual de saúde e esperamos que o Governo sancione imediatamente para que comece a ser implementado a partir do próximo ano”, defendeu Ruiz.

Com informações da SupCom ALE-RR

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!