RELAÇÕES EXTERIORES

Lula e Maduro debatem contexto econômico e eleições presidenciais da Venezuela

O encontro ocorreu em Kingstown, capital de São Vicente e Granadinas

Nicolás Maduro e Lula teriam conversado um pouco mais de uma hora. Foto: Ricardo Stuckert / PR
Nicolás Maduro e Lula teriam conversado um pouco mais de uma hora. Foto: Ricardo Stuckert / PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva debateu o contexto econômico e as eleições, em uma reunião na tarde dessa sexta-feira (1º), com o presidente venezuelano Nicolás Maduro. O encontro ocorreu à margem da 8ª Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC), em Kingstown, capital de São Vicente e Granadinas.

De acordo com o governo federal brasileiro, na conversa, Lula e Maduro discutiram questões que envolvem tanto os dois países quanto as nações vizinhas. O presidente venezuelano relatou melhorias na economia de seu país, com queda da inflação e crescimento econômico, e os dois discutiram a dívida da Venezuela com o Brasil, em especial a busca de alternativas para equacionar a questão e ampliar as trocas comerciais bilaterais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



+ Lula aponta falta de voos e vias terrestres como entrave na integração entre Brasil e países do Caribe

Quanto às eleições na Venezuela, Maduro também teria afirmado ao presidente brasileiro que o país vai realizar o pleito presidencial no segundo semestre. “O líder venezuelano disse ter articulado um amplo acordo com partidos de oposição na Assembleia Nacional de seu país e sustentou que haverá observadores internacionais e auditoria para garantir a lisura do pleito”, diz a divulgação do governo federal.

Essequibo

A questão de Essequibo não foi debatida com Nicolás Maduro, segundo Lula, assim como ocorreu na reunião bilateral com o presidente Irfaan Ali, da Guiana. O presidente brasileiro já havia expressado na quinta-feira que o tema pode ser debatido posteriormente, em fórum mais apropriado.