BR 174
Exército atira em contrabandista que tentou furar bloqueio
Militares dispararam um tiro de advertência em direção ao veículo e estão em busca do criminoso
Por Folha Web
Em 30/08/2017 às 10:28
Os militares fazem bloqueio na estrada (Fotos: 1ª Bda Inf Sl)

Integrantes do 3º Pelotão Especial de Fronteira que realizavam vigilância nas vicinais e trilhas da BR-174 foram surpreendidos com a ação de um contrabandista que na tentativa de fugir da fiscalização jogou o carro que conduzia contra o bloqueio do Exército.

O fato aconteceu na madrugada do dia 30 de agosto, no município de Pacaraima, no escopo da Operação Escudo.

Segundo informações prestadas pelo Exército, os militares usavam Óculos de Visão Noturna (OVN) para identificar a prática de prováveis ilícitos na região, quando foram surpreendidos um homem transportando fardos de materiais embalados.

Foi dada advertência e ordem para parada para o suspeito, que fugiu para o interior da trilha em um veículo Montana cor prata, da Chevrolet, com placa N** 1*5*. Ao chegar no Posto de Bloqueio e Controle de Estradas (PBCE) instalado na SEFAZ, o motorista deu meia volta na tentativa de furar o bloqueio. 

“Nesse momento, ao passar pelos militares que estavam na entrada da trilha, o motorista acelerou o veículo em direção a eles, mesmo com diversas advertências verbais e de gestos para parar o veículo” disse o Exército.

Para defender a integridade física dos integrantes da patrulha e com a finalidade de parar o movimento do veículo, os militares dispararam um tiro de advertência com uma espingarda calibre 12 na em direção ao carro com a finalidade de atingir os pneus.

Mesmo assim o veículo não obedeceu a ordem de parada e seguiu direção Boa Vista em alta velocidade. A 1ª Brigada de Infantaria de Selva iniciou as buscas na área da faixa de fronteira com o Pelotão de Exploradores e com apoio da Polícia Militar de Roraima.

"O material constante nos referidos fardos eram combustíveis e sacos plásticos e foram jogados na estrada. A placa do veículo foi preservada para não atrapalhar as buscas, mas qualquer cidadão que avistar o referido veículo com essas características, principalmente com marcas de tiro, pode denunciar a Polícia Militar por meio do telefone 190”.

 

 

Fardos de Sacos plásticos
Militares no bloqueio
Sacos foram jogados na trilha
Material apreendido
LEITOR DO FBV DIARIO disse: Em 30/08/2017 às 20:03:29

"corre anjinho da treva"

Amaro Rocha disse: Em 30/08/2017 às 13:01:28

"O tiro era para ter sido de FAL - calibre 7.62. Num país corroído pela inversão de valores, onde o bandido e vagabundo tem direito de fazer o que bem entender, infelizmente temos esta situação como da notícia: o Exército ter que explicar direitinho o que fez, pois está rendido ao POLITICAMENTE CORRETO imposto pela mídia e esta corja que nos governa. Exército não tem que dar explicação de nada não. Tiro de 12 foi pouco. Era para o militar ter usado um fuzil ou um lança-chamas em cima deste motorista desrespeitoso. Percebe-se que este último se mostra desrespeitoso pois honra com o que tem acontecido no congresso, nos presídios e audiências de custódias - eles, bandidos e vagabundos que mandam."