Por Francisco Cândido
Em 25/10/2017

FAMÍLIAS CAMPANHA WANDERLEY - RIBAS GALVÃO e PEREIRA DE MATOS.

A Família Campanha Wanderley tem sua origem em Portugal. Os patriarcas vieram para o Brasil e se instalaram no Nordeste, particularmente no Estado do Maranhão, e constituíram novas famílias. Anos mais tarde, ao saberem das riquezas minerais no solo deste vale do rio Branco, vieram para Boa Vista nos primeiros meses do ano 1900. Escolheram para morar nas regiões do alto Uraricoera e Amajari, onde até hoje moram seus descendentes que casaram com outras famílias.

Vamos começar esta história com a senhora Joaquina Campanha Wanderley, casada com Militão Wanderley. Este casal teve cinco filhos: Aniceto (“Nissa”) Campanha Wanderley, José “Nissa” Campanha Wanderley,Simeão Campanha Wanderley, Eloísa Campanha Wanderley e Gercy da Silva Wanderley.

O filho Simeão, casou-se com a sua prima Antonina. A Eloísa casou-se com o seu primo Antonino. A Gercy casou-se com o vereador Estácio Pereira de Melo. O filho Aniceto casou-se com sua prima Efigênia da Silva e desta união nasceu o filho José “Nissa” Campanha Wanderley (este se casou com sua prima Eva da Silva Rodrigues Wanderley (dona “Vevé”)-filha de Lucas Rodrigues Barreto e Julieta da Silva Barreto).

A senhora Rita Campanha Wanderley, casou-se com Manoel Pereira de Matos. O casal teve os filhos:

1 - Maria Pereira de Matos, que após casar-se com Davi Venâncio de Souza Cruz, passou a chamar-se Maria Pereira de Souza Cruz (“Doninha”).
2 – Joaquim(Quincas)Pereira de Matos, casou-se com a prima Eulina Barros de Matos.
3 – Manoel“Nezinho” Pereira de Matos,casou-se com Ana da Silva Ribas (filha do português Manoel Maria Ribas, com a Marinha. Tempos depois Manoel casou-se com Maria Larangeira Ribas.
4 - Antonino Pereira de Matos, casou-se com a prima Heloiza Wanderley.
5 - Aurélio Pereira de Matos, casou-se com Kédina de Souza Vieira, filha de Torquata e Urssulino Vieira, piauienses.
6 - Joaquina Pereira de Matos, casou-se com o primo Joaquim (Quincas)Barros de Matos.
7 - Zenir Pereira de Barros,casou-se com o paraibano Belizio Pereira de Melo.
8 - Antonina de Matos Wanderley (viúva do primo Simeão).
9 - Aurelina Pereira de Matos, casou-se com Vicente Eloi.
10 - Noeli Pereira de Matos, casada com Ulysses Bezerra (ambos falecidos).

MARIA CAMPANHA WANDERLEY(Mariquinha), casou-se com João de Moura, e tiveram os filhos: Ogier e Neir (o Neir casou-se com Olivia Cavalcante).

ROSA CAMPANHA WANDERLEY, casou-se com Lino José de Barros, e tiveram os filhos:

1 - Alcides Barros - casou-se com Lucinda.
2 - Joaquim(Quincas)Barros, casou-se com a prima JoaquinaPereira de Matos.
3 - Arlinda Barros de Matos, casou-se com o pri¬mo Manoel Joaquim de Matos.
4 - Eulina Barros de Matos,casou-se com Quincas Pereira.
5 - Eunice Barros (solteira).
6 - Maria Barros(a Sinhazinha), foi casada o enfermeiro Lucas.
7 - Clotilde (Cotinha) Barros de Matos, casou-se com Ernesto Silva.
8 - Cândido Wanderley de Barros (Candinho), casou-se com Eloia Lima Peixoto.

LAURA CAMPANHA WANDERLEY casou-se com com Manoel Pinheiro Galvão. O Manoel, tempos antes, havia sido casado com a senhora Adeláide (dona Dadá) Sarmento, e com ela teve os filhos: América Sarmento Ribeiro, Domingos e Nemézio Sarmento Ribeiro.

O Manoel, ao casar-se com a senhora Laura (irmã de José “Nissa” Campanha Wanderley), teve com ela apenasum filho: Modestino Pinheiro Galvão.

Modestino Galvaocasou-se com a sua prima Maria Branca da Silva Ribas (filha de Manoel Maria Ribas e de Marina da Silva).

O casal Modestino Pinheiro Galvão e Maria Branca da Silva, teve 13 filhos:

01 - Laura Ribas Galvão, casou-se com o seu primo Jacy Pereira de Matos (filho do Nezinho e de Ana da Silva Matos).
02 - Manoel Ribas Galvão, casou-se comNélia Pereira Matos (filha de Nezinho e Ana).
03 - Ogenil(“Ginoca”) Ribas Galvão, casou-se com Francisca Teixeira Belmont (filha do fazendeiroLuiz Teixeira com a senhora Altina "Preta” Gomes Thomaz Belmont).
04 - Marinha Ribas Galvão, casou-se com o seu primo Jango da Silva Rodrigues (filho do Milton Rodrigues e de Julieta da Silva Rodrigues).
05 - Marlete Ribas Galvão (solteira).
06 - Aniceto Ribas Wanderley,casou-se com a senhora Veras.
07 - David Ribas Galvão (casado).
08 - Rivander Ribas Galvão (casado).
09 - Jorge (“Gico”) Ribas Galvão, casou-se com a prima Elizete Pereira de Matos.
10 - Jaime Ribas Galvão, foi casado com Joalucy Ferreira (filha da professora Lucí e do Joaquim telegrafista).
11 - Jairo Ribas Galvão (casado).
12 - Edilson Ribas Galvão, casou-se com a senhora Consolata Carvalho.
13 - Edmilson Ribas Galvão, casou-se comValdenice Teixeira (filha do Luiz Teixeira e de dona Altina (Preta Thomaz Belmont).

JOSÉ “Nissa”CAMPANHA WANDERLEY (filho de Aniceto Campanha Wanderley e de Efigênia da Silva Wanderley), nasceu no Amajari no dia 10/01/1923, e era irmão de Simeão, Eloísa e Gercy. O senhor José foi comerciante, fazendeiro e também trabalhou no garimpo do Tepequém. Na localidade de Amajari,ele montou um comércio de vendas de gêneros alimentícios e de utilidades domésticas, suprindo com estes produtos às famílias dos garimpeiros no alto do Tepequém. O José viajava de barco até Manause trazia todo tipo de produtos para venda em seu comércio “São Luis”. Era o mais sortido e completo daquela região. Na pecuária, chegou a ter 10 fazendas de gado e administrava todas elas.

José Campanha Wanderley casou-se em 1952 com a sua prima Eva da Silva Rodrigues Wanderley (a dona “Vevé”), nascida no Amajari no dia 08/07/1937. O casal teve 10 filhos: Luiz Rodrigues (formado em Telecomunicações, é casado com Maria das Graças); Paulo (Economista, casado com Mariana); Célio Wanderley (médico e atual Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado). É casado com a senhora Jane); Cleilza (formada em Economia e Administração); Celíuza Wanderley Petry, comerciante e casada com Ricardo Petry); José Rodrigues Wanderley Filho (“Zico”), Veterinário, casado com Márcia Brito); Francisco das Chagas Rodrigues Wanderley, fazendeiro, casado com Ilmara); Ailton Rodrigues Wanderley (médico, e casado com a médica Drª Celeste); Aniceto Campanha Wanderley (Engenheiro Civil, Bacharel em Direito e com mestrado no Instituto Tecnológico de Aeronáutica-ITA, é casado com a senhora Roseane); e Alexsander Rodrigues Wanderley (Advogado, casado com a senhora Keila). Deles descendem: 23 netos (dentre eles 8 médicos) e 7 bisnetos.

Quando o casal José “Nissa” Campanha Wanderley e Eva Rodrigues (dona Vevé), deixou o Amajari em 1969 e trouxe os filhos para estudar na capital Boa Vista, aqui instalaram um comércio “A casa do Ano” – com vendas de gêneros alimentícios e também de sapatos e confecções em geral-, no local onde hoje está o Posto de Combustível “Triângulo” (que pertencia ao Alexsander Wanderley), situado na esquina da Avenida capitão Júlio Bezerra com a Rua Coronel Mota, no Centro). Os filhos estudaram e concluiram o Curso Superior em Belém do Pará. Hoje estão de volta.

O senhor José “Nissa” Campanha Waanderley faleceu no dia 07/06/1990. E, em sua homenagem, a Prefeitura Municipal de Boa Vista denominou o moderno Terminal Urbano (o “Terminal de Ônibus”), na Avenida Dr. Sylvio Botelho, no Centro da cidade, com o nome de: “Terminal Urbano José Campanha Wanderley”, inaugurado em dezembro de 2006.

A senhora Eva Rodrigues Wanderley (a dona “Vevé”), está com 80 anos de idade e reside à Rua Levindo Inácio de Oliveira, no Bairro Paraviana, cercada de carinho dos filhos.

Francisco Cândido
franciscocandido992@gmail.com
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!