Por Shirley Rodrigues
Em 27/02/2018

Com Nada 
* Entendidos da área asseguram que uma das principais causas do declínio dos Concursos de Miss é a banalização de títulos. É que foram criadas várias nomenclaturas para certames de beleza Brasil afora, o que além de deixar as pessoas confusas, contribuiu para embaçar o glamour de antigamente onde a Miss Brasil, por exemplo, era única e como tal representante do nosso País no Miss Universo.

Com Tudo 
* Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, o Fotoclube Roraima vai realizar uma exposição fotográfica itinerante e gratuita, com o tema “Mulher migrante, imigrante e sua força”, que reúne oito fotografias. A abertura oficial ocorre no dia 5 de março, às 15h, no primeiro piso do Pátio Roraima Shopping, e ficará aberta a visitação pública até o dia 19. Depois, a exposição vai percorrer outros locais de Boa Vista.

Daniel Dourado Guerra, com os pais Décimo Primeiro Filho e Ângela Coelho e a irmã Ana Carolina

Títulos I
* E se os Concursos de Miss foram banalizados com a criação de trocentos títulos, em que os prêmios das vencedoras são simbólicos, com o advento dos Misteres, ficou ainda pior. Imaginem vocês que tem gente que manda fazer uma faixa de Mister Brasil de um título que sequer existe.
* Daí você procura o site do Concurso na internet, mas não existe. Vai no Google e põe o nome do alegado título e a resposta é: “Nenhum resultado encontrado”. E quem souber a resposta pra mistérios como esse, por favor, nos informe.

Títulos II
* A exemplo do dito popular “jabuti trepado (em árvore) é enchente ou mão de gente”, essa história de título de beleza há de se verificar coisas básicas em quem anda ostentando faixa como se um troféu fosse. E a condição sinequa non para se ter um título de beleza é a própria beleza.
* Desconfie de quem tem faixa, mas não tem altura e, no lugar do “tanquinho”, tá criando uma botija. Essa faixa certamente foi mandada fazer em alguma costureira especialista em customização, porque essas sim têm talento.

Os empresários Roberto Carlos, Alfredo Gutemberg, Adriana Souza e Antonio dos Santos em visita à nossa cidade

Doações I
* O Centro Espírita Paulo de Tarso foi uma das primeiras casas espíritas a aderir à campanha permanente da Federação Espírita de Roraima: “Doe quilos do seu amor”, que recolhe donativos destinados a famílias carentes
* Além de arrecadar alimentos não perecíveis, a campanha objetiva sensibilizar o maior número de pessoas para contribuir no atendimento de uma demanda urgente, que é a assistência aos imigrantes venezuelanos em situação de vulnerabilidade em Roraima.

Doações II
* A “Doe quilos do seu amor”, do Centro Espírita Paulo de Tarso, irá arrecadar itens básicos como arroz, macarrão e feijão para as famílias atendidas pela ONG Fraternidade sem Fronteiras, que desenvolve o projeto "Brasil, um coração que acolhe", destinado a ajudar as famílias refugiadas.
* As doações podem se feitas na Rua Souza Júnior, 982, São Francisco, nas demais casas espíritas do estado e na sede da Paróquia Nossa Senhora da Consolata, esquina com a Avenida Ville Roy, em direção à Rodoviária de Boa Vista, no bairro São Vicente.

Stevens Sebastian, em clima de comemoração em dose dupla, por conta de seu aniversário e sua formatura em Ciências Naturais, na Universidade Estadual de Roraima

#Rápidas
* Inaugurando idade nova hoje Dr. Edval Braga, Iaiá Vasconcelos e Dill Borges Pillon.
* Também trocando de data hoje Diana Sá, Eliana Palermo, João Pinheiro, Carolina de Paula e Luiz Barboza Alves.
* A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Extensão da UFRR divulgou o edital com a homologação final das inscrições no processo seletivo destinado ao programa Bolsa Incluir.
* A lista com os nomes dos candidatos está disponível no site ufrr.br/construir/. A iniciativa visa destinar bolsas para alunos com deficiência e vulnerabilidade social regularmente matriculados na UFRR.
*O processo seletivo preencherá 11 vagas, que serão distribuídas daseguinte forma: duas bolsas para carga horária de 12h semanais; cinco bolsas para carga horária de 9h semanais e quatro bolsas com carga horária de 6h semanais.
* As próximas etapas serão as análises do formulário socioeconômico e da documentação acadêmica, além das entrevistas e da visita domiciliar.
* O resultado final do certame será publicado no dia 5 de março e os contemplados permanecerão no programa por 11 meses. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: 3624-7300.

Aline Lira e Ione Pedroso, em clima de alto astral

Tá Valendo
Atualização
* Os acadêmicos do curso de Licenciatura Intercultural da UFRR têm até o dia 9 de março para realizar a atualização cadastral no Programa Bolsa Permanência. Para tanto, os alunos indígenas devem comparecer à Coordenação do Programa Bolsa Permanência, sala 405, Bloco IV, campus Paricarana, no horário de expediente com os documentos exigidos.

Despedida
* Daniel Dourado Guerra reuniu-se com sua família em almoço especial no último fim de semana. Ele viaja para Santa Maria, no Rio Grande do Sul, para cursar Mestrado em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais, pelo período de dois anos (2018/2019). Daniel é roraimense, formado na UFRR.

A televisiva Marleide Cavalcante sempre inovando quando o assunto é comunicação

Shirley Rodrigues
shirleyfolha@hotmail.com
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Social
+ Ler mais artigos de Social