Entretenimento

Bailarina catarinense se apresenta em Boa Vista

O espetáculo será realizado no Teatro Jaber Xaud do Sesc Mecejana nos dias 25 e 26 de outubro. A entrada é franca

A bailarina Elisa Schmidt apresenta um espetáculo de dança diferente. Em “Entre Terras”, a performer utiliza argila, tinta e pó. A bailarina desenrola no palco uma apresentação que cria e recria faces para o rosto e criaturas para o corpo. Após passar por Manaus e Palmas em setembro, Elisa tem agenda de apresentações em Boa Vista nos dias 25 e 26 de outubro no Teatro Jaber Xaud do Sesc Mecejana, com entrada franca. A turnê terá continuidade em Belém e encerra a circulação em Porto Velho.
O espetáculo faz parte da pesquisa em interfaces entre a dança e a desfiguração iniciada em 2009 quando a dançarina se dedicava ao mestrado em artes cênicas. “’É uma busca pela própria identidade com o uso da argila, que é usada em um processo inacabado como estratégia de decomposição e refiguração. A performance tem vida própria em cena, mostra, de certa forma, a própria angústia de não conseguir ser, diante de uma realidade burocrática, congelada” conta.
O trabalho foi contemplado pelo edital Funarte Petrobras de dança Klauss Vianna 2012 e Prêmio Funarte de dança Klauss Vianna 2013. Além das apresentações, a bailarina irá ministrar oficina Experiências em Desfiguração.
A proposta é explorar os territórios cruzados da dança, com a performance, as artes visuais e o teatro, através da investigação do contato da argila com o corpo e rosto. Os parâmetros de pesquisa envolvem identidade e ritual introduzidos por estratégias de composição de faces para o rosto e esculturas com o corpo.
Cria-se uma atmosfera limiar entre a performatividade e o ritual, na qual a desfiguração desestabiliza a figura padrão do cidadão para fazê-lo experienciar outras percepções e sentidos, como o tato. São 10 vagas disponíveis e os interessados devem enviar inscrições para o e-mail: [email protected]
Ficha Técnica Concepção: Elisa Schmidt Intérprete-criadora: Elisa Schmidt Produção: Sarah Pusch Produção Belém: Rafael Soareé Sonoplastia: Taro Löcherbach
Cenário: Clara Fernandes Iluminação: Ivo Godois. Fotógrafo: Eneléo Alcides Apoio: Cenarium Escola de Dança, UNIPOP, Casa da Linguagem e SESC Pesquisa compartilhada: GhelNikaido, Olivier De Sagazan e Roberto Gorgati.
Serviço Entre Terras Local: Teatro Jaber Xaud – Sesc Mecejana Data: 25 e 26 de outubro Hora: 20 horas Ingressos: Entrada Franca

Publicidade