CULINÁRIA

Confeiteira aposta em panetones artesanais para o fim de ano

Este é o primeiro ano que Dinda decidiu empreender com panetones, uma tradição que até o ano anterior limitava-se a presentear amigos e familiares.

"Dinda" decidiu empreender com penetones pela primeira vez e conta que o resultado tem sido positivo (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)
"Dinda" decidiu empreender com penetones pela primeira vez e conta que o resultado tem sido positivo (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)
Publicidade
Publicidade

O panetone artesanal, com seu sabor caseiro que se destaca dos produtos industrializados, vem conquistando o paladar de muitos. Nesse cenário, a confeiteira Diana Bandeira, conhecida como ‘Dinda’, surge como uma aposta certeira para o fim de ano.

Este é o primeiro ano que Dinda decidiu empreender com panetones, uma tradição que até o ano anterior limitava-se a presentear amigos e familiares. “Eu gostava de fazer para as pessoas que eu amo, e sempre recebi muitos elogios, aí agora resolvi vender e tem dado muito certo”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



O salto para o empreendedorismo pode até ser recente, mas a paixão pela receita do panetone surgiu há mais de 12 anos, quando, por acaso, encontrou o modo de preparo na internet. Em suas palavras: “Eu vi vários sites, mas nenhum chamou minha atenção. Essa [receita] me prendeu pela cor do pote usado, acredita? Eu me apaixonei por ela e fui aprimorando até chegar no resultado que eu tenho agora”.

Diana garante que seu panetone se destaca dos demais, trazendo um toque único que conquista quem o prova. O reconhecimento vem não apenas do próprio paladar apurado da confeiteira, mas também dos elogios calorosos recebidos dos amigos, que sempre destacaram o sabor singular do panetone de ‘Dinda’.

O prazer de Diana vai além da confecção dos panetones; ela diz que se sente realizada ao ver as pessoas se deliciando com suas especiarias. “Eu simplesmente amo alimentar as pessoas, eu amo quando elas comem e gostam do que estão comendo. Meus olhos brilham”, compartilhou.

Com mais de duas décadas de experiência na culinária, A história se iniciou durante a infância de seus filhos, quando buscava aprender a fazer bolos de aniversário para celebrar as datas especiais. Desde entção, Diana viu sua paixão naturalmente se transformar em fonte de renda.

Além disso, a confeiteira destacou o incentivo de suas mães, Graça e Edilse. “Minhas mães sempre falaram que eu deveria investir nesse ramo, porque eu era muito boa na cozinha. E hoje eu sou muito grata por todo o apoio que elas me deram”, expressou Dinda, reconhecendo a importância do suporte familiar em sua trajetória.

Há quatro meses, Diana inaugurou a “Delicias da Dinda”, sua própria loja, localizada na Rua Madre Radgundes, 334, no bairro Aparecida. O espaço oferece uma variedade de doces, todos confeccionados com o toque único e o amor característicos de Dinda. Para aqueles que desejam acompanhar as criações da confeiteira, ela também está presente no Instagram, através do perfil @deliciasdadindabv.

Publicidade