CAPS-II

Novo Centro de Atenção Psicossocial é inaugurado em Boa Vista

Atualmente, o CAPS contabiliza, em média, 1.050 atendimentos mensais.

Localizado no bairro Mecejana, o novo prédio do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS-II) Antônia Constância de Matos Campos foi inaugurado nesta quarta-feira, 21 (Foto:  Diane Sampaio)
Localizado no bairro Mecejana, o novo prédio do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS-II) Antônia Constância de Matos Campos foi inaugurado nesta quarta-feira, 21 (Foto: Diane Sampaio)

Um novo equipamento público para cuidados com a saúde mental de pacientes com transtornos mentais graves e persistentes. Localizado no bairro Mecejana, o novo prédio do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS-II) Antônia Constância de Matos Campos foi inaugurado nesta quarta-feira, 21, pelo prefeito Arthur Henrique. 

Atualmente, o CAPS contabiliza, em média, 1.050 atendimentos mensais. No entanto, com a nova sede, a expectativa é um crescimento de 30% nas assistências.

“O CAPS-II é um equipamento inaugurado em 2012, que funcionava em uma unidade alugada e não tinha um espaço próprio. Agora, a sede passa a viver uma nova realidade, com um prédio moderno, semelhante às clínicas particulares de Boa Vista”, disse Arthur.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Experiências

Acolhimento, cuidado, atendimento clínico especializado e inserção social estão entre a garantia de direitos dos pacientes do Centro de Atenção Psicossocial, além do fortalecimento dos laços familiares e comunitários. Mãe de duas pacientes, a costureira Elza Barros conta que as filhas são atendidas há seis anos na unidade.

“Quando começamos os atendimentos aqui, as minhas filhas estavam muito doentes. Inclusive, uma delas não conseguia andar, mas foi evoluindo no tratamento e agora caminha sozinha. Outra filha, teve uma crise que resultou no afastamento das atividades. E após acompanhamento no CAPS, voltou ao trabalho. Sou muito grata”, contou.

Serviços oferecidos

Na unidade, crianças e adultos com transtornos mentais são atendidos na unidade. São atendidas pessoas com diagnóstico de Transtorno de Personalidade, Transtorno Depressivo Grave, Transtorno Afetivo Bipolar (TAB), Esquizofrenia, Ideação e Tentativas de Suicídio e Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), por meio de serviços de acolhimento, atendimento médico-psiquiátrico, psicológico, oficinas terapêuticas, farmácia e suporte multidisciplinar.

Estrutura moderna

O novo prédio do CAPS-II possui uma estrutura moderna, de qualidade e conforto em 565,56m²de área construída. Há uma ampla área de espera (recepção), sete consultórios, duas salas de oficina; farmácia, cozinha, pátio/refeitório bem espaçoso, área de medicação, administrativo e gerência.

Ambientes de apoio como despensa, Depósito de Material de Limpeza (DML), depósito, arquivo, banheiros, horta, sala de reunião e garagem para ambulância também fazem parte da nova sede.