CUIDADO COM A PELE

Como acabar com a irritação na pele depois da depilação

Pelos encravados e irritação são os vilões do pós-depilação. Saiba como evitá-los.

Uso inadequado da cera ou lâmina pode prejudicar pele (Foto: Reprodução/Internet)
Uso inadequado da cera ou lâmina pode prejudicar pele (Foto: Reprodução/Internet)

Os métodos de depilação variam, mas todos podem afetar a pele se não forem feitos corretamente, muitas vezes resultando em alergias ou irritações. Por isso, é importante adotar precauções antes e depois da depilação, independentemente se é feita com cera ou lâmina.

Consequências

Ambos os métodos podem causar foliculite ou irritação na pele, especialmente em peles sensíveis. Evitar o uso de hidratantes com álcool é importante, pois pode irritar a pele. No entanto, óleos vegetais, como manteiga de karité, aloe vera, óleo de amêndoas e óleo de semente de uva, são recomendados por suas propriedades suavizantes.

Esses óleos vegetais ajudam a reduzir alergias e irritações pós-depilação, além de formarem uma camada protetora na pele devido aos seus princípios ativos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



O que fazer?

Para aliviar a irritação pós-depilação, é crucial adotar técnicas de precaução durante o processo. Esfoliar a pele regularmente, limpar bem a pele antes da depilação, utilizar óleo vegetal para lubrificar os fios, fazer compressas com pano quente e depilar-se com lâmina sob água quente são passos recomendados.

Após a depilação, lavar a pele cuidadosamente com água fria e utilizar chá de camomila ou hidrolatos para acalmar a pele são boas práticas.

Lembramos que o uso de óleo vegetal ou hidratante antes da depilação com cera não é recomendado, pois pode dificultar a remoção dos pelos. No entanto, após a depilação, o efeito hidratante continua benéfico.