Publicidade
Publicidade

UNALE 2023

Três deputados de Roraima são eleitos para a Diretoria do Parlamento Amazônico

Três deputados de Roraima são eleitos para a Diretoria do Parlamento Amazônico
Publicidade
Publicidade

Na 27ª edição da Unale, os deputados estaduais Armando Neto, Cláudio Cirurgião e Lucas Souza, foram eleitos para papéis significativos no Parlamento Amazônico. Neto assume como segundo secretário, Cirurgião como conselheiro, e Souza como secretário de direitos humanos.

O deputado Armando Neto, em seu primeiro mandato, destacou o momento oportuno para defender os interesses da região, abordando questões como transporte aéreo, energia, e regulamentação ambiental. Ele enfatizou a responsabilidade de representar Roraima e contribuir para solucionar os desafios da Amazônia.

“No meu primeiro mandato já tenho a oportunidade de participar da nova diretoria do Parlamento Amazônico. Como bom Amazonida, sou apaixonado pela Amazônia, e tenho a obrigação de dar a parcela de contribuição que cabe a mim como deputado e como Roraimense para defender e lutar por questões que vêm de encontro com o interesse de nós amazônidas que temos a obrigação de decidirmos a forma, o modelo e a gestão com que podemos viver da Amazônia. Mas nós precisamos ser ouvidos através desse parlamento com o restante do Brasil.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



O deputado Cláudio Cirurgião destacou a relevância da conferência para promover as questões da Amazônia Legal no cenário nacional, abordando desafios como infraestrutura, logística e questões ambientais. Ele ressaltou o papel da conferência em amplificar as vozes dos estados amazônicos, frequentemente esquecidos.

” Nós temos aqui a oportunidade de levar a nossa voz a estados que muitas vezes são esquecidos do ponto de vista nacional com pautas importantes e confluentes. Então, são estados que têm dificuldade de infraestrutura, têm dificuldade de logística, têm dificuldade na questão ambiental, legalização de terras. E aqui nós levamos todas essas discussões para o restante do Brasil. A nossa voz aqui, ela ecoa no sentido de unir forças com outros parlamentares com ideais semelhantes que compõem a Amazônia Legal”

O presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, Soldado Sampaio, expressou a participação ativa do estado no Parlamento Amazônico, lidando com questões ambientais e fundiárias. Ele salientou a importância de colaborar com a bancada federal para levantar questões pertinentes ao Senado, enfatizando a necessidade de serem ouvidos.
Esse é o papel do Parlamento Amazônico. Nós tivemos a felicidade de participar de mais de uma eleição. Vamos nessa discussão numa grande caminhada no Congresso Nacional, uma grande caminhada especial ao Senado Federal para tratar de fato as questões que nos interessam na Amazônia. Estamos falando da BR 174, estamos falando da relação fundiária, questões ambientais.

Negociação

O deputado estadual de Rondônia Laerte Gomes (PSD-RO) foi eleito presidente, prometendo um trabalho árduo em causas vitais para o desenvolvimento da Amazônia, planejando uma marcha para Brasília em março para garantir que a região seja ouvida e não apenas uma espectadora nos debates nacionais.
Durante as negociações pré-eleição, foram discutidos entraves ao desenvolvimento econômico de Roraima, incluindo regularização fundiária e redução de demarcações de terras indígenas e ambientais. Soldado Sampaio sublinhou a união do Parlamento Amazônico na luta por essas questões.

Publicidade
Publicidade