AVENIDA ATAÍDE TEIVE

Hilux em alta velocidade atinge carro parado, destrói poste e danifica aros e pneus de borracharia

PM disse que vítimas do acidente recusaram atendimento médico e constatou que os veículos e condutores envolvidos estavam regulares

Parte frontal da caminhonete Hilux ficou destruída (Foto: Divulgação)
Parte frontal da caminhonete Hilux ficou destruída (Foto: Divulgação)
Publicidade
Publicidade

Uma caminhonete Toyota Hilux em alta velocidade atingiu um veículo Hyundai HB20 parado, bateu em outro carro parado, um Fiat Argo, destruiu um poste de energia e ainda danificou aros e pneus de uma borracharia. O acidente aconteceu nessa quinta-feira (30), no bairro Equatorial, na zona Oeste de Boa Vista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



A Polícia Militar disse que as vítimas do acidente recusaram atendimento médico e constatou que os veículos e condutores envolvidos estavam regulares e, portanto, foram liberados no local. Os agentes ainda chamaram a Roraima Energia para desligar o fornecimento elétrico devido ao risco de choque oferecido à população.

Hilux ainda atingiu aros e pneus de uma borracharia (Foto: Divulgação)

A corporação ainda disse que as vias estavam devidamente sinalizadas. A perícia da Polícia Civil também esteve no local.

A motorista da Hilux, de 39 anos, explicou à PM que seguia pela avenida Ataíde Teive no sentido Centro-bairro e que, ao tentar realizar uma ultrapassagem, colidiu com o HB20 e ainda perdeu o controle do veículo invadindo a pista contrária, vindo a colidir com um poste.

A condutora do HB20, de 42 anos, declarou que também seguia pela avenida e no mesmo sentido e que estava parada sobre a via, aguardando o fluxo de veículos diminuir para dobrar à rua Foz do Iguaçu, ocasião em que acabou atingida pela Hilux.

Foi ela que informou que a motorista da caminhonete estava em alta velocidade, desrespeitou a faixa continua e que, com o impacto da colisão, o HB20 acabou colidindo com o Argo, que estava parado atrás do próprio carro. A motorista do Argo, de 46 anos, confirmou à PM a versão da condutora do HB20 e contou que foi surpreendida pela batida em seu veículo.

Publicidade