POLÍCIA CIVIL

Acusada de distribuição de entorpecentes em Boa Vista é presa

O namorado dela, R.D.F.M. também acusado pelo crime, não foi localizado

Material apreendido pela polícia (Foto: Ascom/Polícia Civil)
Material apreendido pela polícia (Foto: Ascom/Polícia Civil)

E.T.B.S., de 28 anos, acusada de distribuir entorpecentes em Boa Vista, foi presa pela Polícia Civil, no bairro Santa Tereza, nessa quinta-feira, 29.

A prisão foi efetuada pelo Departamento de Narcóticos (Denarc) e Delegacia de Repressão à Entorpecentes (DRE).

As investigações focavam na atuação da mulher e o namorado dela, R.D.F.M., de 28 anos, que não foi localizado no momento da prisão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Os trabalhos apontavam que o casal estaria envolvido na distribuição de entorpecentes na região. Segundo a delegada titular da DRE, Francilene Lima Hoffmann de Vargas, a dupla já estava sendo monitorada pela equipe da DRE, que flagrou o momento em que a mulher realizava uma venda de skunk para G. H. N. A., de 30 anos.

Na ocasião da abordagem, ao sair da casa da mulher, o homem estava de posse de duas porções de entorpecentes adquiridas com ela.

As buscas realizadas na casa da investigada, permitiu aos policiais encontrarem aproximadamente meio quilo de skunk e duas balanças de precisão

A investigada, juntamente com G. H. N. A., foram conduzidos à sede da DRE, onde foi lavrado um APF (Auto de Prisão em Flagrante) contra ela por tráfico de drogas e um TCO  (Termo Circunstanciado de Ocorrência) lavrado contra ele por uso de drogas. A mulher foi apresentada na Audiência de Custódia na manhã desta sexta-feira, dia 1º de março.