FUTEBOL

Força de Vontade de Elmi Besuska: Uma História de Resiliência

Após participar dos treinamentos no Centro de Treinamento do Retrô Brasil, em Camaragibe, Pernambuco, Besuska compartilhou sua jornada marcada por desafios e superação

Jogador tem artilharia e duas Copas SP no currículo. (Foto; João Paulo Oliveira)
Jogador tem artilharia e duas Copas SP no currículo. (Foto; João Paulo Oliveira)

Aos 21 anos, Elmi Besuska, atacante em ascensão no futebol roraimense, integrou recentemente o elenco do Auriverde Macuxi, visando contribuir para a disputa do Campeonato Roraimense de Futebol Profissional de 2024. Após participar dos treinamentos no Centro de Treinamento do Retrô Brasil, em Camaragibe, Pernambuco, Besuska compartilhou sua jornada marcada por desafios e superação. Atualmente, ele é um dos seis jogadores locais no plantel do Tamanduá.

Besuska enfrentou contratempos em sua carreira. Em 2018, após uma breve passagem pelo Mogi Guaçu, em São Paulo, uma lesão no joelho durante um treino o afastou temporariamente dos gramados, exigindo uma cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado anterior com o apoio do Manaus FC, no ano seguinte. De volta ao futebol local, destacou-se como artilheiro do Estadual Sub-17 de RR em 2019, representando o São Raimundo e marcando sete gols. Além disso, participou de duas edições da Copa São Paulo em nome de seu clube de origem.

Besuska compartilhou seus sentimentos sobre os desafios enfrentados: “Em determinado momento, a vontade de desistir do futebol tomou conta de mim. Surgiram dúvidas e incertezas, especialmente por ser jovem e enfrentar uma lesão tão séria. A pressão da família para ajudar em casa e a realidade do futebol na região Norte tornaram tudo ainda mais desafiador. No entanto, a fé em Deus sempre foi meu alicerce, guiando-me e proporcionando novas oportunidades”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Durante sua estadia em Pernambuco, Besuska participou ativamente dos jogos-treinos da pré-temporada sob a orientação do experiente técnico Rodrigo Chagas. Agora, ele se prepara para enfrentar os desafios vestindo as cores do Auriverde Macuxi.

Besuska expressou seu otimismo em relação às novas oportunidades: “Encaro essa nova oportunidade com determinação e otimismo. Retomar a carreira após uma lesão em um contexto como o nosso, aqui no Norte, é extremamente desafiador. Sou imensamente grato a Deus, à diretoria do Monte Roraima e ao professor Rodrigo por acreditarem em mim. Sinto-me motivado a alcançar nossos objetivos neste primeiro ano do clube. Estou ciente da responsabilidade que carrego em meus ombros e estou pronto para realizar uma excelente temporada, contribuindo para conquistar títulos, se assim Deus permitir”.

A estreia de Elmi Besuska e do Monte Roraima está marcada para o dia 19 de março, quando enfrentarão o River no estádio Canarinho, em Boa Vista.