SINDPROMBV

Sindicato de professores municipais de Boa Vista será lançado neste sábado, 9

Eleição direta para gestão escolar e combate ao assédio moral são algumas das pautas defendidas pelo Sindprombv

Sindicato de professores municipais de Boa Vista será lançado neste sábado, 9

Com lutas relacionadas aos salários, à infraestrutura pedagógica, à saúde dos profissionais e à transparência quanto à utilização de recursos, o Sindicato dos Professores e das Professoras Municipais de Boa Vista (Sindprombv) será lançado neste sábado (9). A Assembleia Geral de Fundação da organização acontece às 18h.

Na ocasião, vão apresentar e aprovar o estatuto social do sindicato. Além disso, será realizada a eleição e posse da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal, assim como a filiação à entidade de grau superior. O local da reunião é na Avenida Mário Homem de Melo com a Rua José Queiroz, no bairro Buritis.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Algumas das pautas defendidas pelo Sindprombv são: equiparação salarial média aos profissionais municipais de ensino superior, eleição direta para gestão escolar, disponibilidade de recursos e materiais pedagógicos, combate ao assédio moral, criação de programa de acompanhamento físico e psicológico aos professores, prestação de contas bimestral, verificação da aposentadoria complementar, entre outros.

Comissão organizadora do sindicato (Foto: Divulgação)

“Estamos nos organizando há alguns anos como coletivo. Fizemos vários movimentos e, agora, sentimos a necessidade de organizar legalmente esse movimento, que tem ganhado a credibilidade da categoria. Nossa categoria merece representação legal e teremos”, disse a professora Sirdennys Santana (à esquerda na foto acima), que faz parte da comissão organizadora do sindicato.

Segundo ela, o conjunto busca resolver demandas antigas dos profissionais, como aumento do salário e superlotação das salas de aula. Ela também relata a sobrecarga psicológica e de trabalho vivida pelos professores municipais.

“Todos os anos é a mesma dinâmica. Tiramos [dinheiro] do bolso para decorar nossas salas de aula, pois nunca temos material suficiente. Temos sofrido assédio moral constante. Nosso coletivo recebe várias denúncias e damos apoio. Tem gestores que não tem postura adequada ou preparo e não conseguem ter empatia com nossos colegas”, afirmou.

O processo de filiação ao sindicato vai acontecer durante a assembleia. Será necessário preencher a ficha de sindicalização e levar uma cópia de um documento de identificação. A mensalidade será discutida na reunião e constará no estatuto do Sindprombv. A expectativa é de atingir a adesão de dois a três mil professores sindicalizados.

Para quaisquer dúvidas, o coletivo disponibilizou os contatos:

  • Sirdennys Santana – 991198481
  • Antônia Pedrosa- 991124311
  • Arthur Phelipe – 991297880