MERCADO DE TRABALHO

Ensino superior garante salários até quatro vezes maiores, afirma especialista

Empregadores veem com bons olhos funcionários que estão estudando, aponta profissional de Recursos Humanos.

Apenas o ingresso no ensino superior pode garantir melhores oportunidades no mercado de trabalho. Foto: internet
Apenas o ingresso no ensino superior pode garantir melhores oportunidades no mercado de trabalho. Foto: internet
Publicidade
Publicidade

Com o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e os vestibulares da Universidade Federal de Roraima (UFRR) e Universidade Estadual de Roraima (UERR) sendo anunciados, e a oferta por vagas em faculdades particulares, as oportunidades de ingresso no ensino superior são muitas. Mas você sabe os impactos positivos que o diploma podem ter na carreira e na inserção no mercado de trabalho? A especialista em Recursos Humanos, Nonayra Lucena, falou com a Folha BV sobre o assunto.

A maioria dos cursos superiores duram entre quatro e cinco anos. Enquanto boa parte da população acredita que esse período é muito longo para a obtenção do diploma e de melhores oportunidade, a profissional de Recursos Humanos aponta que apenas o ingresso em uma instituição de ensino superior é o suficiente para aumentar as chances de ocupar uma posição melhor. De acordo com ela, empregadores veem com bons olhos funcionários que estão estudando.

“É possível perceber a diferença que o ensino superior faz ainda mesmo antes de terminar a faculdade. A partir do momento que você ingressa em um curso, suas possibilidades de conseguir empregos voltados para aquela área já aumentam consideravelmente. Em um país onde a maioria dos empregos estão concentrados no setor de serviços, estar matriculado ou cursando uma universidade permite que você exerce funções mais específicas. Os empregadores entendem que você está se preparando para exercer funções cada vez mais específicas. Por consequência, te oferecem salários maiores”, explica Nonayra.

A profissional aponta um aumento de até quatro vezes na média salarial de pessoas que possuem o diploma de ensino superior.

“Já existem vários estudos, como o da OCDE [Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico], que mostram que, no Brasil, as remunerações para pessoas com o ensino superior são até quatro vezes maiores. Num país onde enfrentamos tantas dificuldades, uma renda maior está diretamente ligada a uma maior qualidade de vida”, pontuou a profissional.

Nonayra finaliza indicando que ingressar em universidades públicas pode ser o caminho para remunerações ainda maiores. De acordo com ela, instituções públicas de ensino superior possuem mais prestígio na hora da contratação.

“Infelizmente, a dificuldade que enfrentamos no Brasil é a não uniformidade da educação. O que percebemos é que as universidades públicas e algumas privadas, de renome, possuem mais credibilidade com os empregadores. Por isso, com os vestibulares chegando, esse é um bom momento para investir tempo e energia nos estudos, para garantir uma vaga, seja integral ou com bolsas”, finalizou.

VESTIBULAR

As incrições para o ENEM se encerraram nesta sexta-feira (16) e neste domingo (18), a UERR realiza as provas para o ingresso na modalidade EAD. A UFRR anunciou que a partir do dia 31/07, serão abertas as incrições para o vestibular. Acompanhe o site da Folha de Boa Vista e fique por dentro do assunto.

Publicidade