RERENTE À FEVEREIRO

Segundo mutirão da revisão das faturas de água acontece no Caranã

Mutirão inicia a partir das 8h deste sábado (02), na Escola Estadual Jesus Nazareno

Em fevereiro, moradores relataram faturas exorbitantes, muito além do que costumavam pagar. (Foto: Arquivo Folha BV)
Em fevereiro, moradores relataram faturas exorbitantes, muito além do que costumavam pagar. (Foto: Arquivo Folha BV)

O segundo mutirão para revisão das faturas de água referentes ao mês de fevereiro de 2024, ocorrerá neste sábado (02), a partir das 8h, na Escola Estadual Jesus Nazareno de Souza Cruz, no bairro Caranã.

Após as denúncias, de acordo com a Companhia de Abastecimento de Água e Esgoto de Roraima (Caer), foram identificadas inconsistências na mediação de 9.489 usuários. Com isso, estão sendo realizados mutirões de revisão das faturas em pontos diversos da capital.

+ Moradores relatam cobrança de valores abusivos na conta de água

“O mutirão nos bairros, visa atender usuários sobre as alterações de valores nas faturas, ocasionado por de erro no sistema. As pessoas que comparecerem para solicitar a revisão da fatura no local do mutirão, serão atendidos por ordem de chegada e sairão do local com sua conta retificada”, explicou o diretor Comercial e do Interior da companhia, Cícero Batista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



A primeira ação ocorreu no dia 24 de fevereiro, no bairro Cidade Satélite. Segundo a Companhia, até o momento, mais de 3.800 requerimentos foram registrados na Caer, e desses, 1.584 já foram analisados e tiveram a fatura retificada.

Os próximos mutirões devem ocorrer no dia 09 de março, na Loja de Atendimento Caer, localizada no Pintolândia. Já no dia 16 de março será na escola  Profª Wanda David Aguiar, no bairro Raiar do Sol.

Requerimentos

Para agilizar a solicitação, as pessoas interessadas podem preencher o requerimento no site da Caer. No requerimento de contestação, específico para o mês de fevereiro de 2024, o usuário deverá preencher o formulário com nome completo, endereço de e-mail, telefone de contato, matrícula do imóvel e anexar um documento com foto.

Ele também poderá acompanhar o andamento da solicitação, por meio do protocolo gerado no ato do preenchimento do requerimento online. A Caer dispõe da DPC (Divisão de Proteção do Consumidor), composta por assessores jurídicos responsáveis por acompanhar estas solicitações via requerimento e auxiliar na defesa do próprio consumidor junto à empresa.