COP 28

Governador de Roraima participará da conferência mundial do clima em Dubai

Evento que visa discutir e organizar estratégias para reduzir os impactos das mudanças climáticas, a COP 28 inicia na quinta-feira

O governador Antonio Denarium durante entrevista coletiva (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)
O governador Antonio Denarium durante entrevista coletiva (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)
Publicidade
Publicidade

O governador Antonio Denarium (Progressistas) confirmou participação na 28ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2023. Evento mundial que visa discutir e organizar estratégias para reduzir os impactos das mudanças climáticas, a COP 28 inicia na quinta-feira (30) e segue até 12 de dezembro, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



A programação oficial de Denarium inicia no sábado (2) e termina no dia 10. Enquanto isso, o vice-governador Edilson Damião (Republicanos) comandará o Poder Executivo estadual.

Segundo a Secretaria Estadual de Comunicação (Secom), o principal ponto da agenda governamental será defender os interesses ambientais de Roraima no contexto institucional de Unidade Federativa e parte da Amazônia Legal (composta pela região Norte e os Estados do Mato Grosso e do Maranhão).

O Governo participa do evento também como Estado-membro do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal, que terá presença oficial na COP 28. Confira a programação da comitiva roraimense na conferência:

  • Sábado (2)

Planos estaduais e cooperação regional para prevenção e controle do desmatamento e queimada da Amazônia Legal;

  • Domingo (3)

Caminhos para a COP 30 – desenvolvimento socioeconômico sustentável para a amazônia integrada e competitiva;

  • Segunda-feira (4)

Transição econômica para a Amazônia: desenvolvimento econômico de baixas emissões: Lançamento do Planejamento Estratégico do Consórcio; Coletiva de imprensa;

Políticas socioambientais como eixo para o desenvolvimento de baixas emissões;

  • Terça-feira (5)

Sistemas agroalimentares: cadeias produtivas sustentáveis, bioeconomia e inclusão produtiva;

  • Quarta-feira (6)

Cenários e desafios da regularização da política ambiental;

  • Sábado (9)

Perspectivas dos sistemas nacional e jurisdicional de REDD+ na implementação das políticas de redução de emissões;

  • Domingo (10)

Políticas estaduais para o desenvolvimento de bioeconomia e a transição econômica.

Futuro do meio ambiente

Para Denarium, a COP 28 é o melhor espaço para se conversar sobre o futuro do meio ambiente, do desenvolvimento sustentável e da relação humana com a natureza. Para ele, isso abre grandes oportunidades para apresentar novas apostas inovadoras.

“Roraima tem realizado vários projetos que têm a preservação e o respeito pelo meio ambiente. Nesse contexto também trabalhamos o desenvolvimento sustentável pelo Projeto de Grãos, feito em conjunto com as comunidades indígenas, e também o projeto Roraima Verde, que desenvolvemos nessas áreas de cultivo, fora outros projetos importantes que apontam o Estado como uma potência verde preservada. Não à toa temos mais de 68% de área protegida, e a grande parte dela é gerida pelo Executivo”, destacou.

O deputado estadual Gabriel Picanço (Republicanos), por sua vez, representará a Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) no evento. A Folha aguarda outros políticos locais a confirmarem participação na COP 28.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) representará o Brasil na conferência. Lula deverá endossar o compromisso de manter o aumento da temperatura média global em 1,5°C acima dos níveis pré-industriais, além de cobrar recursos para reparação e para uma transição justa para os países em desenvolvimento. 

Publicidade