Provas

Mais de 1,3 mil presos farão o Enem em Roraima na próxima semana

Detentos podem diminuir pena se tirarem nota boa no exame

Os presos são das unidades prisionais de Boa Vista (Foto: Secom)
Os presos são das unidades prisionais de Boa Vista (Foto: Secom)
Publicidade
Publicidade

Na próxima semana, nos dias 12 e 13 de dezembro, vai ser aplicado o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade, mais conhecido como Enem PPL, em todo o país. Somente em Roraima, neste ano, 1.330 custodiados farão o exame, o que representa um aumento de 124% em relação a 2022.

As provas são realizadas dentro das unidades prisionais e socioeducativas, onde são disponibilizados atendimentos para participantes com deficiências, seja ela física, intelectual, visual ou auditiva. Gestantes, lactantes, idosos ou pessoas com outra condição específica também pode solicitar o atendimento especializado do Enem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



O resultado será divulgado no dia 16 de janeiro, os inscritos poderão participar do Sistema de Seleção Unificado (Sisu), Programa Universidade Para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no ano de 2024.

Publicidade