Parabólica

PL e PDT devem ter candidaturas próprias a prefeito em municípios de Roraima

Eleições 2024 serão realizadas em outubro Foto: TSE
Eleições 2024 serão realizadas em outubro Foto: TSE
Publicidade
Publicidade

Bom dia,

De Friedrich Hayek, economista liberal austríaco: “A liberdade não se perde de uma vez, mas em fatias como se corta um salame”.

De Voltaire, filósofo iluminista francês: “Se quiser saber quem controla você, é só observar a quem você não pode criticar”.

De Eduardo Alves da Costa, poeta fluminense: “Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim e não dizemos nada/ Na segunda noite, já não se escondem: pisam as flores, matam nosso cão e não dizemos nada/Até que um dia, o mais frágil deles entre sozinho em nossa casa, rouba-nos a luz, e, conhecendo o nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E já não podemos dizer nada”.

PEC 47

Joelmir Mota e o advogado Elyssandro Braga da Silva, foram os primeiros entrevistados do Agenda da Semana desse domingo, 11, na Rádio Folha FM 100.3, para tirar dúvidas sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 47), de incluir no texto final destaque que beneficia militares da reserva não remunerada que trabalharam em Roraima entre 1988 e 1998, incorporando-os ao quadro de pessoal da União Federal, em extinção, nos mesos moldes dos servidores do extinto Território Federal. Os líderes do grupo acreditam que o total de possíveis beneficiários contando com os do Amapá, não chega a 2,5 mil pessoas. Eles buscam apoio político para tanto.

PDT

A produção do programa Agenda da Semana convidou, através do empresário Marcelo Nunes, o atual presidente regional do PDT, Flávio Percio Zacher, para entrevista nesse domingo para fechar a rodada de conversas com dirigentes de siglas sobre as eleições municipais, mas ele não chegou a tempo de uma viagem, acompanhado do presidente da Assembleia Legislativa, Soldado Sampaio (Republicanos), a Pacaraima e Uiramutã, municípios em que possivelmente o partido deve lançar candidaturas próprias para prefeito.

COMANDO

A notícia que chegou à Parabólica é que, embora não possa sair do Republicanos no momento, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Soldado Sampaio, mantêm controle sobre o PDT em Roraima, e articula não apenas novas adesões de correligionários, mas também pré-candidaturas a vereador e prefeito pela sigla. Com a liderança de Sampaio é possível esperar desempenho eleitoral do PDT, bem acima de mero coadjuvante.

PERSEGUIÇÃO

O presidente do Partido Liberal, Deilson Bolsonaro, classificou como perseguição política as últimas notícias de operações policiais envolvendo a família do ex-presidente Jair Bolsonaro, presidente de honra da sigla. “O brasileiro está começando a ter medo de se expressar, de mostrar sua liberdade”, comentou, ao afirmar que a prisão do presidente nacional do PL, Waldemar de Costa Neto, seria um completo absurdo.

PRÉ-CANDIDATURAS

Deilson Bolsonaro anunciou quatro pré-candidaturas definidas para prefeito do PL em Roraima. Seriam elas: da empresária Nilda Reginatto, no município de Rorainópolis; do delegado Daniel Trindade, em Cantá; da advogada Rosa Benedetti, no município de Alto Alegre; e do médico Frutuoso Lins, em Boa Vista. Ele fez questão de ressaltar que a candidatura na capital não é balão de ensaio: “Não estamos barganhando”, frisou.

ALTO ALEGRE

Fontes da Coluna dão conta de que Rosa Benedetti seria a indicada do ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Henrique Machado, pai de Pedro Henrique Machado. Pai e filho teriam rompido politicamente após algumas decisões do atual prefeito que teve o mandato cassado. Por conta do racha, cada um deve apoiar um pré-candidato a prefeito por lá. Lembrando que o pai foi responsável direto pela eleição do filho no primeiro mandato.

GOVERNO

Deilson Bolsonaro deixou claro que torce para que o governador Antonio Denarium (PP) não seja afastado do cargo, se confirmadas suas cassações pela Justiça Eleitoral, embora admita que os prognósticos não sejam os melhores. Mas afirmou que, caso isso ocorra, o PL vai sim estudar a possibilidade de lançar uma candidatura própria para disputar as eleições suplementares.

VISITA

O presidente regional do Partido Liberal adiantou ainda que nos próximos dias, após o período de Carnaval e alheio a toda polêmica envolvendo o grupo político recentemente, pretende ir à Brasília se reunir com o presidente de honra da sigla, o ex-presidente Jair Bolsonaro, e definir uma data para que ele visite Roraima, conforme ele, como forma de agradecimento à população pelo apoio expressivo nas urnas.

FAKE NEWS

Na sexta-feira de Carnaval, dia 9, a Polícia Federal deflagrou a operação Nirmata, com objetivo de identificar autores envolvidos na criação de difamação eleitoral do prefeito de Manaus, David Almeida, no ano passado. Três agências de publicidade daquele estado estão supostamente envolvidas na “profissionalização” do áudio usado na Fakenews. O sócio de uma das empresas, dizem, é marketeiro de um político local.

HACKER

No sábado, 10, a conta oficial da Câmara dos Deputados na rede social X, o antigo Twitter, foi hackeada. Uma mensagem chamando o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, de ditador foi postada e apagada em torno de 15 minutos depois. O caso está sob investigação. Em Roraima, pouco tempo atrás foram hackeadas as contas do governo do estado e da Assembleia Legislativa.

PERDA

A Parabólica registra com pesar a morte da Dra. Maria Homercinda Almeida de Souza Cruz. Médica anestesista que marcou por décadas a medicina em Roraima, sempre com zelo e competência. Dra. Zita, como era conhecida deixa viúvo o também médico e humanista Homero de Souza Cruz Neto.

Publicidade