AUDIÊNCIA PÚBLICA
Sindicato realiza manifestação contra privatização da Eletrobras
Gostei (1) Não gostei (0)
O Sindicato dos Trabalhadores Urbanitários de Roraima (STIU) realiza uma manifestação nessa sexta-feira (16)
Por Folha Web
Em 15/02/2018 às 18:30
Uma grande parte de funcionários confirmou que irá comparecer a audiência (Foto: Divulgação)

O Sindicato dos Trabalhadores Urbanitários de Roraima (STIU) realiza uma manifestação durante a audiência pública nessa sexta-feira (16) contra a privatização da Eletrobrás. O evento ocorre às 8 horas no Auditório do Corpo de Bombeiros na Avenida Venezuela. 

Segundo o diretor financeiro do Sindicato, João do Povo, a possibilidade de privatização da Eletrobras, estatal que administra geradores e distribuidoras de energia no Brasil resultará na demissão em massa de milhares de servidores, além de um grande aumento no valor da conta de energia. 

Joao do Povo afirmou que os trabalhadores não decretaram greve, mas uma grande parte de funcionários confirmou que irá comparecer a audiência. 

Para o Sindicalista, a estratégia adotada pelo governo federal para solucionar o problema das distribuidoras de energia elétrica é equivocada. O representante também apontou que o serviço de abastecimento vai comprometer a energia em todo o Estado, principalmente na região do Baixo Rio Branco e nas comunidades indígenas. 

“A energia vai ficar em um valor ainda mais exorbitante, porque o comprador só visa ganhar dinheiro e não vai se preocupar em baratear a energia, muito menos melhorar o serviço. Nós já pagamos um valor muito alto, imagina se ocorrer a privatização. Pobre não terá mais acesso a energia elétrica, as ações sociais voltadas para os ribeirinhos e família de baixa renda deixarão de existir. Ou seja, é uma gama de fatores que irá tirar o acesso do cidadão a um bem público, que é o uso da energia elétrica" disse.

Rio Branco disse: Em 15/02/2018 às 20:37:19

"Esse imitador de lula, vermelho como todo comunista, é um sindicalista parasita, a favor de empresas estatais e cabides de emprego."