KART
Piloto roraimense fica em 5º lugar em campeonato de Kart em Brasília
Gostei (0) Não gostei (0)
A 'Copa VB Fiamoncini Pro 400 de Kart', é um dos campeonatos mais importantes da região Centro-Oeste. É o melhor resultado de Rafael Lucena em campeonatos da categoria Pro 400.
Por Nara Nascimento
Em 08/11/2015 às 09:39
O piloto ficou na 5ª colocação no geral com 129 pontos (Foto: Arquivo Rafael Lucena)

O piloto roraimense de Kart, Rafael Lucena, representou o estado mais uma vez na 'Copa VB Fiamoncini Pro 400 de Kart', um dos campeonatos mais importantes da região Centro-Oeste, com grids de quase 30 karts por etapa. O piloto ficou na 5ª colocação no geral com 129 pontos, a 5 do terceiro colocado. É o melhor resultado do roraimense em campeonatos da categoria Pro 400.

Para Rafael, o resultado foi satisfatório e o resultado é fruto de muito trabalho e mostra que a equipe está crescendo. “A quantidade de pilotos de qualidade no grid colabora para destacar a importância da Copa VB Fiamoncini. Já participei 3 vezes deste campeonato, sendo que só 1 completo, e tinha como melhor desempenho na tabela geral um 14º lugar. Este resultado (5º) mostra que a gente está crescendo [...]" afirmou. O piloto informou ainda que largou da terceira colocação e durante todos os 55 minutos de prova esteve no pelotão da frente, apesar dos vários toques que sofreu nas primeiras voltas.

O piloto brasiliense Paulo Miranda, da equipe Evolution, sagrou-se o campeão ao final de 4 etapas da Copa VB Fiamoncini, Com 2 vitórias, o piloto somou 149 pontos na tabela final.

Sobre a corrida, Lucena informou que largou da terceira colocação e durante todos os 55 minutos de prova esteve no pelotão da frente, apesar dos vários toques que sofreu nas primeiras voltas. “Eu fiz uma ótima classificação. O meu kart tem mostrado bom rendimento nos treinos, tanto que nas 4 etapas sempre larguei entre os 10 primeiros, sendo que em 2 oportunidades na primeira fila. Já a corrida em si foi bem disputada, aconteceram alguns acidentes também." Uma lesão na costela pode ter prejudicado o rendimento de Lucena. “É horrível correr com dores. Da metade da prova em diante, nas curvas para a direita, as dores na costela me incomodaram muito. Pela tarde fui ao hospital, fiz raio-x e outros exames, mas graças a Deus não progrediu para uma fratura ou fissura [...]”, ressaltou Rafael.

 

Próximas metas

Após o resultado satisfatório, o roraimense agora se dedicará a organização e preparação de sua equipe para as seis horas de Kart de Brasília, que será realizada em 5 de dezembro.

Lucena pretende voltar a treinar no final do mês, mas antes se dedicará aos cuidados com a lesão na costela e também o reforço físico. “Vou correr as seis horas na minha equipe e em outra de Santa Catarina. Devo ficar em pista por volta de 3 horas, então é importante que esteja bem fisicamente”, disse.

O piloto destaca a falta de patrocínio e disse que fizeram até uma 'vaquinha' online com o objetivo de reforçar o orçamento da equipe. "Sou muito grato aos amigos e familiares que tem nos ajudado. Fechamos apenas 2 cotas de patrocínio até o momento, enquanto outras equipes do Distrito Federal e de Estados vizinhos já finalizam o quadro de cotas [...]" lamentou.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!