CRIMINALIDADE
Mulher é assaltada na Praça Mané Garrincha
Gostei (0) Não gostei (0)
Por João Barros
Em 07/03/2018 às 00:27
Há denúncias de que a praça também seja usada como ponto de venda de entorpecentes (Foto: Hione Nunes)

Nem mesma a guarita da Guarda Municipal, na Praça Mané Garrincha, bairro Tancredo Neves, zona Oeste da capital, inibe a ação dos bandidos que continuam agindo na região. Além disso, o tráfico de drogas nas proximidades é constante e muitas ocorrências foram atendidas pela polícia no local que deveria ser de lazer.

Na noite da segunda-feira, dia 5, por volta das 20h, uma mulher que caminhava pela praça foi atacada por dois indivíduos, um de origem venezuelana e o garupa brasileiro. O condutor da moto era o venezuelano que, armado, apontou o revólver para a vítima e tomou seu celular, modelo LG-K10, fugindo em seguida.

A vítima em choque não teve reação e seu esposo foi responsável por fazer o registro da ocorrência de assalto na delegacia. O caso será investigado pelo 3o Distrito Policial. Até o fim da tarde de ontem, dia 6, nenhum dos suspeitos tinham sido presos. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!