EFEITO HARRY POTTER
Folha de Boa Vista começa a adotar tecnologia de Realidade Aumentada
Capa da edição de sábado conta, pela primeira vez, com imagem que pode ser transformada em vídeo com ajuda de app
Por Pedro Barbosa
Em 16/12/2017 às 00:20
Com ajuda do aplicativo MagiPix, é possível transformar imagem da edição impressa da Folha em vídeo (Foto: Hione Nunes)

Existe algo diferente na capa do caderno B do jornal Folha de Boa Vista deste sábado, 16. À primeira vista, pode não parecer, mas é possível transformar a divulgação vermelha disponível nesta página em uma animação! Com ajuda de um celular com câmera que possua o aplicativo MagiPix e digitando o código “fbv-001”, será possível visualizar que a imagem ganhará vida graças ao recurso de Realidade Aumentada.

A empresa responsável pelo serviço que a Folha está começando a adotar, Magipix, foi fundada ainda neste ano e é considerada uma extensão de outra, chamada Visual Joy, que já vem trabalhando no ramo de interação digital há 16 anos.

De acordo com o CEO da MagiPix e fundador de ambas as empresas, Leonardo Schenkel, a ideia de separar as duas empresas ao invés de atribuir o recurso de Realidade Aumentada exclusivamente para Visual Joy vêm das diferenças ideológicas entre o que cada empresa busca propor com seus serviços.

Segundo ele, a Visual Joy é uma empresa conhecida por trabalhar com criações de projeções gráficas e cenários digitais em eventos e projetos de divulgação para grandes empresas. A proposta da MagiPix é proporcionar o mesmo tipo de interação virtual, só que sendo acessível ao público geral, dando oportunidade para todos que tenham o aplicativo para participarem da experiência.

“A Realidade Aumentada é considerada uma das tecnologias que, junto com a Robótica, Inteligência Artificial, Impressão 3D e Realidade Virtual, irá revolucionar a forma como fazemos praticamente tudo em nossas vidas”, ressaltou.

O recurso vem sendo utilizado de inúmeras formas por empresas que adotam essa tecnologia. Um exemplo seria a rede de lojas Ikea, empresa sueca do ramo de venda de móveis, que está permitindo em algumas de suas lojas que clientes façam escaneamento de ambientes para posicionar objetos, como sofás, em suas salas, auxiliando a decisão de compra. Tudo com ajuda de um aplicativo desenvolvido pela Apple para a rede.

Outro exemplo do uso da Realidade Aumentada está no aplicativo Pokémon Go, desenvolvido para smartphones com acesso à App Store e Google Play Store, que consiste na projeção de pequenas criaturas, chamadas Pokémons, usando a câmera do celular, como se eles estivessem presentes no mundo real.

“Um mundo de possibilidades se abre quando utilizamos uma experiência de simular a existência de um objeto. Podemos apresentar produtos de uma indústria flutuando sobre a marca de uma empresa ou fotos de um catálogo permitindo a exibição de mais modelos e variações, comparado a um catálogo impresso”, complementou Leonardo.

Para o Diretor de Tecnologia da Folha de Boa Vista, Alberto Cruz, a integração da nova tecnologia reafirma a Folha como um jornal que sempre está experimentando novas formas de entregar informação para seus leitores.

“A Folha sempre esteve à frente de grandes projetos voltados para melhorar a qualidade do jornalismo feito em Roraima. Mas agora, queremos mostrar que através da realidade aumentada o jornal como mídia impressa não só está longe de morrer, como também pode ser revitalizado como um objeto de interação digital para jovens e adultos”, afirmou.

Entre as mudanças feitas na Folha relacionadas à área de tecnologia digital, Alberto Cruz cita a criação da FolhaWeb como um meio independente do jornal impresso, a FolhaBV Play, e uma plataforma para armazenamento de vídeos feitos pelo jornal, as exibições ao vivo de programas da Rádio Folha AM 1020 nas redes sociais, a câmera 360°, o Stories da Folha no Instagram, os vídeos do Giro de Notícias no Facebook, entre outros.

Segundo ele, o jornal tem grandes projetos para a aplicação da Realidade Aumentada tanto para notícias quanto para propagandas de publicidade, sempre deixando um aviso com o código necessário para ativar o recurso.
“Com essa tecnologia, queremos melhorar a interação do nosso produto impresso com o leitor, permitindo uma imersão de nossos leitores, que estarão tendo um contato maior com a notícia”, afirmou.

Para experimentar o conteúdo em Realidade Aumentada é simples:
Primeiro, é necessário obter o aplicativo em seu celular, que pode ser baixado na App Store, para usuários de iphone, e Google Play Store, para usuários de smartphones que possuam o sistema Android.

Ao abrir o aplicativo clique no botão que aparece na parte inferior da tela, escrito "Novo conteúdo" e insira o código do conteúdo vinculado ao material. No caso da edição de hoje, o código para ver o anúncio desta página é “fbv-001”. (P.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!