ESCONDIDOS NA SERRA
Dois foragidos são recapturados no Tepequém
Por João Barros
Em 03/02/2018 às 00:29
“Coyote” e “Cara de Cavalo” estavam acampados na mata (Foto:Divulgação/Dicap)

Os foragidos Maycon de Carvalho Barbosa, de 34 anos, conhecido pela alcunha “cara de cavalo”, e Gefferson Ribeiro Serrão, de 21 anos, vulgo “Coyote”, que fugiram da Penitenciaria Agrícola de Monte Cristo (Pamc) no dia 19 de janeiro, juntamente com mais 84 detentos na maior fuga da história do Estado, foram recapturados na manhã de ontem, dia 2, na Vila de Tepequém, Município do Amajari, região Norte de Roraima.

As recapturas resultaram da ação conjunta das equipes da Divisão de Inteligência e Captura (Dicap), da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), Departamento de Informação e Inteligência da Polícia Militar (DII/PMRR), policiais militares de Tepequém e policiais civis do Grupo de Repressão a Ações Criminosas Organizadas (Graco).

“As equipes chegaram até os foragidos depois que policiais militares que estão na região do Tepequém, realizando levantamento para instalação de uma unidade naquele local, receberam informações de que três foragidos estariam na Vila. Essas informações foram compartilhadas com a Dicap, que juntamente com o DII e Graco deslocaram equipes para a região na manhã de quinta-feira”, relatou a Dicap.

Após alguns levantamentos, as equipes descobriram que os foragidos estariam acampados em uma área de mata, tendo apoio de uma moradora local, que é sogra de um deles. Durante a madrugada, as equipes percorreram cerca de 10 quilômetros mata adentro e conseguiram chegar até o acampamento dos foragidos. Eles ainda tentaram escapar.

Um terceiro foragido, identificado como Manoel Paiva Cabral Silva, conseguiu fugir pulando em uma ribanceira e tomando rumo ignorado. Os policiais acreditam que o fugitivo possivelmente esteja ferido, pois, fazendo algumas buscas no local, foram encontrados os vestígios de sangue do foragido, que possivelmente irá procurar ajuda.

DENÚNCIA - Quem tiver informações que possam levar a Dicap ao paradeiro dos foragidos deve fazer a denúncia anônima por meio de ligação telefônica para os números 0800-278-0130 ou por mensagem via Whatsapp para o número 99139-9529. A identidade do denunciante será mantida em sigilo absoluto. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!