PUBLICIDADE
ENQUETE
Você na Folha debate Pagamento de Multas com Cartão
Por Folha Web
Em 12/01/2019 às 08:00
Folha foi às ruas saber o que a população acha da nova regra que autoriza cartões a processarem pagamento de multas de trânsito no crédito e débito, facilitando a vida de motoristas (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

FABRÍCIO ARAÚJO

Colaborador da Folha

O governo federal publicou no Diário Oficial da União de terça-feira, 8, regra que autoriza credenciadoras de cartões a processarem pagamento de multas de trânsito nas funções de crédito ou débito, facilitando a vida dos motoristas que são multados. A Folha foi às ruas saber o que as pessoas acham dessa medida.

Diogo Sobral, 30 anos, empresário (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

“Acho que é uma melhora a multa poder ser paga no crédito. Para mim é uma boa opção. Facilita porque multa de trânsito é complicado. Paguei duas multas do meu carro e tive que ir a um banco, enfrentar uma fila enorme e na minha vez ainda ficou sem sistema. Com o cartão de crédito, consigo fazer isso até pelo Iphone em um aplicativo.”

Igor Sulivan, 27 anos, servidor público (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

“Acredito que a mudança é uma forma de facilitar a vida da população até por conta do mercado econômico que atinge todas as áreas. Então essa facilidade, mesmo sendo com uma imprudência [multa de trânsito], é para lidar com isto e ajudar o Estado de alguma forma. Graças a Deus, nunca precisei pagar nenhuma.”

Antonia Lucilene, 34 anos, manicure (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

“É uma mudança interessante, deve ser bom. Acho que irá agilizar, sim, o processo porque não iremos mais perder muito tempo nas filas dos bancos. Já vi meu esposo tendo que pagar uma multa e foi um processo bem chato. Se tivesse esta facilidade, seria melhor. Daria para pagar pelo computador ou por um aplicativo de celular.”

Luciana Cruz, 45 anos, servidora pública (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

“Eu acho que é uma diferença que pode beneficiar o condutor e o contribuinte porque é mais uma forma de pagamento. Não é mais só à vista, pois às vezes não temos o valor todo. Então, pagamos no crédito, vem no mês que vem e não deixa de ser paga, já que quem comete a infração precisa pagar.”

Jhonny Araújo, 25 anos, vendedor (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

“A mudança está ótima porque facilita a nossa vida. Agiliza e facilita. Fica mais fácil e mais viável porque quando não tiver o dinheiro, já teremos o cartão de crédito. Já precisei pagar e até que não demorou, puxei o boleto e paguei rapidinho, mas se tivesse a questão do crédito seria mais fácil, nem precisava sair de casa.”

Fabiana Castro, 32 anos, desempregada (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

“É uma mudança boa porque é mais uma opção, pois essa questão de pagar só à vista é complicada. Às vezes as pessoas não têm porque é uma multa muito alta e compromete a nossa renda. Nunca paguei uma multa, nem quero, mas já vi outras pessoas pagando e é ruim porque precisa ir ao Detran, depois enfrentar fila e não se paga em todo lugar.”

***
Gostou?
1
0
PUBLICIDADE
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!