PUBLICIDADE
FEIRA DO PRODUTOR
Vídeo registra tumulto entre feirantes e índios Yanomami
O tumulto ocorreu semana passada, mas só hoje, o vídeo viralizou nas redes sociais
Por Folha Web
Em 11/01/2019 às 19:11
Confusão ocorreu semana passada na Feira do Produtor (Foto: Priscilla Torres/Folhabv)

Um tumulto foi registrado em vídeo entre indígenas Yanomami e feirantes da Feira do produtor. O caso ocorreu semana passada, mas o registro viralizou hoje (11) nas redes sociais e grupos de whatsapp.

De acordo com a administração da feira, eram cerca de oito indígenas com crianças que jogaram pedras após serem atingidos com água usada para lavar os peixes por alguns dos profissionais. Na ocasião, foi necessário a presença da Polícia Militar e de funcionários da Funai (Fundação Nacional do índio) para cessar o tumulto. Porém não foi registrado nenhum boletim de ocorrência.

“Nós temos um regimento dentro da feira que impossibilita a venda e ingestão de bebidas alcóolicas, e alguns indígenas estavam bebendo em excesso. E por isso pedi ajuda de um dos funcionários que falava Yanomami para pedir que eles saíssem do local” informou o administrador da feira, Nadson Barbosa.

Confira o vídeo

Outro lado - A Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento) esclarece que presta total apoio aos 410 feirantes que atuam em diversos ramos na Feira do Produtor Rural de Boa Vista. Prova disso é que a pasta mantém no local um setor administrativo que atende todas as demandas relacionadas à segurança, limpeza, infraestrutura e demais assuntos.

Informa ainda que todas as tomadas de decisões são deliberadas por um concelho, composto por servidores da Seapa e feirantes. Conselho este que elaborou um regimento interno com diversas normas que devem ser cumpridas para manter o ambiente limpo e estabelecer uma boa convivência.

Ressalta ainda que a segurança tanto na Feira do Passarão, quanto nas demais feiras, é prioridade da pasta. Para garantir a integridade física tanto dos frequentadores quanto dos feirantes que atuam no local, a PMRR possui um posto fixo no local, que atende sempre que necessário.

***
Gostou?
1
2
PUBLICIDADE
José Carlos Pacheco de Oliveira disse: Em 12/01/2019 às 09:08:18

"A Funai e os governos anteriores nunca se preocuparam com a vida dos índios de Roraima, simplesmente só demarcaram enormes áreas pra inglês ver e deixaram lá os índios a mercê da própria sorte. Tomara que o governo do Bolsonaro, reveja essas enormes áreas e pra pouco índio que nada fazem lá."

Cesinha disse: Em 11/01/2019 às 21:00:11

"O narrador desse vídeo não sabe o que fala. Como se a FUNAI fosse babá dos Yanomamy kkkk"

LUCIANORR disse: Em 11/01/2019 às 20:25:55

"Conselho, por favor."

rnuj disse: Em 11/01/2019 às 20:08:01

"Queria que o presidente fosse macho pra tirar todas as reservas! Mas não é... "