PUBLICIDADE
UNACON
Unidade de Radioterapia deve ficar pronta em dez meses
Cerca de 10% dos serviços da obra foram executados
Por Folha Web
Em 25/10/2018 às 00:40
A nova unidade terá bunker, espaço onde o aparelho de radioterapia será instalado (Foto: Sesau-RR)

Referência no atendimento a pacientes com câncer em Roraima, a Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) oferece 28 serviços exclusivos a pessoas com câncer acima de 18 anos. Porém o único tratamento contra o câncer não ofertado em Roraima é a radioterapia, realidade que irá mudar em breve.

Já está em fase de construção a Unidade de Radioterapia de Roraima, que irá atender aos pacientes que necessitam do tratamento. "A obra está na fase de construção das fundações do prédio, o que significa que cerca de 10% dos serviços foram executados", explicou o engenheiro responsável pela obra, Diogo Pestana.

A ordem de execução do projeto foi assinada em julho pelo atual ministro da Saúde, Gilberto Occhi, e pela governadora Suely Campos, sendo este ato já esperado desde 2012, quando o Estado foi incluso no Plano Nacional de Expansão da Radioterapia.

Atualmente, 95% dos pacientes são mandados, via Tratamento Fora de Domicílio (TFD), para outros Estados. "Roraima será praticamente autossuficiente em todo o tratamento do câncer. Os pacientes não precisarão mais viajar, o que traz conforto e ajuda na recuperação, além de ser uma economia para o Estado, que não vai gastar com TFD", disse o coordenador da Unacon, Anderson Benetta.

O novo prédio fica na rua Amsterdã, por trás do Laboratório de Anatomocitopatologia de Roraima (Laper) e ao lado do HGR, onde funciona a Unacon. A empresa Engtech Construções e Comércio Ltda. é a responsável pela obra, que tem previsão de ficar pronta em dez meses. O investimento é de R$ 7.209.400,90 por parte do Ministério da Saúde para a edificação e aquisição de equipamentos da unidade.

Está prevista a implantação de um bunker, espaço onde o aparelho de radioterapia será instalado, e aquisição de um acelerador nuclear, utilizado no tratamento a pacientes com câncer. Isso irá ampliar o acesso da população a procedimentos oncológicos no Sistema Único de Saúde (SUS).

PLANO NACIONAL – A construção da unidade roraimense faz parte do Plano Nacional de Expansão da Radioterapia, que contempla a construção de 80 centros desse tipo de especialidade em todo o Brasil. Finalizado e entregue o novo centro médico, o Governo de Roraima será o responsável pelos profissionais que irão atuar na Unidade, insumos e materiais médico-hospitalares, mobiliário e demais equipamentos necessários para o funcionamento do centro.

***
Gostou?
3
0
PUBLICIDADE
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!