PLAYBOYS DO TRÁFICO
Traficantes da alta classe são presos pela Federal; Veja galeria
Os bandidos atuavam em três estados vendendo supermaconha e tinham dólares, pistolas austríacas e carros de luxo roubados em seu poder
Por Folha Web
Em 21/02/2018 às 10:05
drogas foram apreendidas

No meio da classe média alta existem jovens que atuam em universidades, shows, raves e bares, vendendo drogas como o skunk, a supermaconha. A maioria também oferece o serviço ‘delivery’. Essa foi a informação confirmada pela Polícia Federal durante operação “Ponte Aérea” que prendeu 9 pessoas nos bairros considerados de alta classe em Boa Vista, como Paraviana e River Park.

A Operação Ponte Aérea acontece em conjunto com o Ministério Público do Estado de Roraima e ocorre em outros dois estados além de Roraima. No estado foram cumpridos 9 Mandados de Prisão Preventiva, 9 de Busca e Apreensão, além do sequestro de bens de 10 investigados decorrente de ordens judiciais deferidas pela Justiça do Estado de Roraima após representação em Inquérito Policial. As medidas judiciais estão sendo cumpridas em Boa Vista/RR, Manaus/AM e Florianópolis/SC.

O objetivo foi desarticular associação criminosa integrada por investigados que atuavam criminosamente no tráfico de drogas, financiamento e associação para o tráfico.

Os investigados se valiam da posição social – classes alta e média - para traficar drogas em boates e festas raves frequentadas por jovens com alto poder aquisitivo,

Os investigados ostentavam muitos veículos importados e bens adquiridos com dinheiro ilícito.

O modus operandi dos investigados consistia na aquisição da droga conhecida como “skunk” em Manaus e no transporte da droga, por via terrestre, até Boa Vista/RR, com posterior remessa para as regiões sul e sudeste em voos domésticos, na maioria das vezes pelas mesmas “mulas” que receberam a droga na capital amazonense. Nas capitais do sul e sudeste eram adquiridos veículos importados objetos de crime para revenda no norte do Brasil.

Foram presos no curso da investigação 4 integrantes que vendiam droga no varejo e no atacado e outros 2 na posse de uma pistola Glock de fabricação austríaca e carros de luxo roubados no estado de São Paulo. 

O modus operandi dos investigados consistia na aquisição da droga conhecida como “skunk” em Manaus e no transporte da droga, por via terrestre, até Boa Vista/RR, com posterior remessa para as regiões sul e sudeste em voos domésticos, na maioria das vezes pelas mesmas “mulas” que receberam a droga na capital amazonense. Nas capitais do sul e sudeste eram adquiridos veículos importados objetos de crime para revenda no norte do Brasil.

Até as 7h30 da manhã houve apreensão de drogas, veículos, joias e valores em reais e dólares, com prisão em flagrante em três domicílios investigados em Boa Vista/RR, com três presos em flagrante conduzidos para a Polícia Federal.


Outras informações na Folha Impressa

*Matéria alterada as 16h para atualização dos dados

apreendidos dinheiro
droga apreendida
eles revendidam em raves
objetos apreendidos
ponte aerea
ponte aerea2
supermaconha apreendida
Kezia Lima disse: Em 21/02/2018 às 17:48:38

"Ué gente, porque a face desses seres não estão evidenciadas nas imagens? Quando é um aviãozinho, uma mula ou qualquer pessoa flagrada no Caetano Filho ou qualquer bairro depois da Av. Venezuela as fotos aparecem direitinho, com nome e tudo..."

Adailton Silva Oliveira disse: Em 21/02/2018 às 16:59:10

"Onde estão os defensores do fuzilamento, tão cagando, espero desde ontem pelas frases, bandido bom é bandido morto, onde estão os imbecis frasistas?."

kerlene leite disse: Em 21/02/2018 às 12:40:35

"Engraçado, quando é de classe baixa, aparece logo a cara estampada do indivíduo. agora porque é rico, não aparece nem as iniciais . "

Mohammed Pataxó disse: Em 21/02/2018 às 12:19:00

"Tem nome não essas pessoas. É muita parcialidade. Pau que dá em Chico dá em Francisco."

Rildo Lopes disse: Em 21/02/2018 às 11:41:36

"Vivemos em um Estado que gira em função do contracheque, muito me estranha diversos carros importados em Boa Vista!"

ALTAMIRCE COUTINHO DE MELO disse: Em 21/02/2018 às 11:36:16

"porque não divulgar os nomes dos envolvidos?"

NANA disse: Em 21/02/2018 às 11:03:05

"FALE O NOME DOS BONITINHOS MAIS ORDINARIOS"

Cruel disse: Em 21/02/2018 às 10:58:36

"Querida, folhabv! Gostaria de saber por qual motivo os senhores não publicam as fotos e os nomes de bandidos, quando estes são de classe alta? Apesar de saber a resposta, peço-lhes explicação, em nome da sociedade boavistense. "