SEGURANÇA PÚBLICA
Secretária espera liberação de recursos
O governo estadual apresentou projetos que somam aproximadamente R$ 100 milhões para investimentos na segurança
Por Folha Web
Em 05/03/2018 às 01:29
A titular da Sesp, Giuliana Castro: “Recursos para Polícia Civil, Polícia Militar e Bombeiros” (Foto: Diane Sampaio)

Em entrevista ao programa Agenda da Semana, na Rádio Folha AM 1020, domingo, 4, a titular da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), Giuliana Castro, anunciou que o Governo Federal acenou positivamente à liberação de cerca de R$ 100 milhões para investimentos na segurança pública em Roraima. 

A afirmativa por parte da Presidência da República se deu durante reunião para tratar da segurança pública em todo o país, ocorrida no Palácio do Planalto, em Brasília, no dia 1º de março, entre o presidente Michel Temer e todos os governadores de estados brasileiros.

A proposta inicial do Governo Federal era que o estado fizesse um empréstimo junto ao BNDES para equipar a segurança pública. “Nessa reunião foi anunciado um plano para a segurança pública, que infelizmente não nos atende. O Estado de Roraima já está endividado, não temos condições de fazer mais financiamentos. Então apresentamos uma série de projetos que somam aproximadamente R$ 100 milhões”, esclareceu.

Segundo Giuliana, que também esteve em Brasília junto com a governadora Suely Campos, o Presidente da República acenou de forma positiva para os projetos apresentados pela governadora. Esta semana, uma equipe do governo estadual se reunirá com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para viabilizar o recebimento dos convênios. “Uma coisa é o presidente anunciar que vai ajudar o Estado com a segurança pública, outra coisa é de que maneira, de que fonte vão sair esses recursos, de qual ministério”, explicou.

Os convênios contemplam todas as áreas da segurança pública passando pela Polícia Civil, Polícia Militar, Sesp e Corpo de Bombeiros. Entre os projetos, um visa a aquisição de scanners veiculares para detectar com mais facilidade a tentativa de entrada de armas de fogo e drogas. Outro convênio para montagem de um parque de informática que auxiliará nas investigações da Polícia Civil.

Também foram solicitados recursos para o policiamento ostensivo com aquisição de armas, munições e viaturas. “A Polícia Militar tem importante papel na prevenção do crime. A população tem clamado pela presença da PM nas ruas e estamos fazendo tudo ao nosso alcance para controlar a criminalidade que vem crescendo com a ação de facções criminosas”, pontuou a titular da Sesp.

Outra parte da verba será destinada ao fortalecimento do Centro Integrado de Operações (Ciops). Hoje, a estrutura conta com a presença da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Samu, Detran e a Secretaria Municipal de Segurança Pública. “Já estamos à frente de muitos estados porque trabalhamos a segurança pública de forma integrada. O objetivo é fortalecer a comunicação entre essas instituições para que atuem em conjunto”, concluiu.

julio disse: Em 05/03/2018 às 18:46:25

"Muito bom!!!"