PUBLICIDADE
SEGURANÇA
Remídio afirma que destinou mais de R$ 560 mil em recursos para PM
Os recursos foram destinados para o fortalecimento das ações de segurança pública do Estado de Roraima
Por Folha Web
Em 27/07/2018 às 00:48
“Tenho sempre priorizado a rede de segurança pública em Roraima”, frisou Remídio Monai (Foto: Alice Andrade/Divulgação)

O deputado federal Remídio Monai (PR) rebateu as críticas que a bancada federal recebeu do comando da Polícia Militar de Roraima e afirmou que, nos últimos dois anos, foram alocados R$ 560 mil em recursos para a corporação, por meio de emendas individuais. Remídio afirmou que sempre atuou em prol do fortalecimento das ações de segurança pública, com a priorização na destinação de emendas, além da articulação junto ao Governo Federal nas demandas da área.

O parlamentar explicou que, deste montante, destinou R$ 400 mil para o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) da Polícia Militar, por meio do Ministério da Justiça. “Entendo que o trabalho de prevenção realizado nas escolas estaduais ajuda a reduzir significativamente o número de jovens envolvidos com drogas e com a criminalidade”, afirmou.

Remídio Monai atendeu ainda o pedido da Companhia Independente de Policiamento Ambiental (Cipa) na destinação de emendas, no valor de R$ 160 mil, para aquisição de viaturas.

Os deputados federais de Roraima conseguiram ainda articular, segundo o parlamentar, o repasse de R$ 45 milhões do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) ao Fundo Penitenciário do Estado de Roraima em 2016. “No entanto, devido aos impasses referentes à utilização de recursos para recuperação do sistema prisional, o Ministério Público Federal em Roraima (MPF/RR) obteve, na Justiça Federal, o bloqueio dos recursos”, argumentou Monai.

O parlamentar criticou o comentário feito pelo comandante-geral da Polícia Militar de Roraima. “Precisamos de mais prudência e responsabilidade com o cidadão ao falar de algo que jamais foi reportado, comunicado ou oficializado aos parlamentares que compõem a bancada federal de Roraima. Na Câmara dos Deputados, atuo em conformidade com os anseios dos roraimenses e sempre procurei atender demandas emergenciais do Estado. Portanto, é necessário esclarecer que nem a Secretaria de Segurança Pública de Roraima nem o Comando da Polícia Militar enviaram documentos ou convocaram reuniões para tratar sobre a necessidade de aquisição de novas viaturas”, salientou o parlamentar.

***
Gostou?
0
6
PUBLICIDADE
VOTO NULO.... disse: Em 26/07/2018 às 14:38:23

"Sim e cade esse dinheiro por que oque vemos sao viaturas sem rodar por conta de falta de combustivel ????"

Christhian Rodolfo Torres Dominguez disse: Em 26/07/2018 às 14:02:27

"Somente fez seu trabalho...........................é pago para que então"