CARTA NA MANGA
Projeto musical une rock nacional e MPB
Carta na Manga: grupo promete despontar nos barzinhos e festas da capital
Por Raisa Carvalho
Em 22/02/2018 às 11:23
O novo projeto musical ‘Carta na Manga’ promete despontar nos barzinhos e festas da capital (Fotos: Diane Sampaio)

Formada há um pouco mais de seis meses, o novo projeto musical ‘Carta na Manga’ promete despontar nos barzinhos e festas da capital. Com intuito de tocar covers de bandas de rock nacional e artistas da música popular brasileira, a banda preparou um repertório com grande influência do pop rock brasileiro. 

A banda é formada pelo pai Falcão (guitarra) e os filhos Diego Falcão (bateria), Dário Falcão (contrabaixo) e Douglas Falcão (guitarra e violão). Para completar o time, o jornalista João Barros assume os vocais. No repertório bandas como O Rappa, Jota Quest, Capitão Inicial, Marisa Monte, Zé Ramalho entre outros, a banda tem potencial para fazer um show animado e cheio de energia.

“O projeto já existia como banda de garagem, o contato direto com a música foi passado de pai para filhos, a nossa vida em casa é ligada à música, e assim veio o João pra contribuir com o projeto. Cada um foi escolhendo o instrumento que queria aprender”, contou Douglas.

João Barros é conhecido por participar de festivais de música e se destacou diversas vezes ao participar com músicas autorais durante as edições do Festival Canto Forte.

Em seu currículo, o músico já arrebatou mais de cinco prêmios em competições em Boa Vista e Rorainópolis, além de ser selecionado por duas vezes a participar do Reality show de música “Ídolos”.

Ele começou a se dedicar à música aos cinco anos de idade, durante a infância, aos doze fez aulas de canto e começou a tocar violão. O músico nasceu em Vitorino Freire, Maranhão, mas veio morar em Roraima ainda criança.

Banda de Remo

Paralelamente às apresentações de música cover, o grupo pretende também apresentar um material de músicas autorais com uma pegada regional intitulada ‘Banda de Remo’.

“Já a Carta na Manga foi criada com intuito diferente, voltada para a diversão dos membros da banda que tocam pela paixão a música. Queremos nos apresentar para diferentes públicos com versatilidade do repertório, homenageando aqueles artistas que nos influenciaram musicalmente”, explica o vocalista.

Segundo Falcão, a ideia é que os músicos trabalhem em conjunto durante os dois projetos. A forma que os músicos encontraram de arrecadar dinheiro também para custear as despesas da banda, como gravações e ensaios.

“Enquanto à ‘Banda de Remo’ vamos apresentar o nosso som, podemos criar e mostrar o quanto podemos ser criativos, misturando todos esses estilos e influências”, completou Falcão.

Outros shows e novidades sobre a banda podem ser encontrados na página oficial ‘Banda Carta na Manga’ no Facebook.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!