AÇÃO VOLUNTÁRIA
Policiais da Força Nacional se unem para doar sangue hoje, no Hemocentro
Hemocentro vem registrando baixo estoque de sangue nas últimas semanas, principalmente com aumento da demanda por causa de estrangeiros
Por Folha Web
Em 20/07/2017 às 00:44
Divulgação da falta de bolsas de sangue sensibilizou os membros da Força Nacional (Foto: Diane Sampaio)

Cerca de vinte membros da Força Nacional se voluntariaram para doar sangue no Hemocentro de Roraima, na manhã desta quinta-feira, 20. Segundo o tenente-coronel Douglas Thomaz, a divulgação na imprensa e redes sociais da situação crítica do Hemocentro sensibilizou os membros da instituição, que resolveram se reunir e realizar essa ação.

Douglas era doador de sangue regular no Estado do Acre e reafirmou o seu compromisso com a ação. “A nossa causa é humanitária. O dever da Força Nacional é de prestar ajuda à sociedade independente de estarmos sendo acionados ou não. E essa ação é parte do nosso dever”, disse. Os membros da Força Nacional estão realocados em Roraima desde janeiro para o controle de fuga em presídios e tráfico de drogas nas fronteiras.

Segundo a assistente social do Hemocentro, Edna Felix, o número de bolsas de sangue recebidas está abaixo da meta diária desde o início de julho. Estoques dos tipos sanguíneos O-, A-, B-, AB- e O+ estão quase nulos.

Em período chuvoso, o número de acidentes de trânsito aumenta, criando a necessidade de um estoque maior de sangue. Além disso, muitos doadores ficam impossibilitados de chegar ao Hemocentro por causa da chuva.

Segundo Edna, a imigração de venezuelanos é outro fator que cria um pedido maior de bolsas. “A demanda de sangue dobra para o Hemocentro, que agora precisa suprir a necessidade de brasileiros e venezuelanos. E muitos dos imigrantes que querem doar não possuem condições de saúde favoráveis”, afirmou.

COMO DOAR – Para fazer a doação é preciso apresentar documento original com foto, ter entre 16 e 69 anos, pesar acima de 50 kg, ter dormido pelo menos 6 das últimas 24 horas antes de doar, não estar de jejum e não ingerir alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas nas 12 horas que antecedem a doação.

A coleta funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h e 13h30 às 18h. O Hemocentro fica na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, bairro Aeroporto. (P.B)

***
Gostou?
6
3
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!