NORTE DO ESTADO
Operação de resgate de trilheiros deve sofrer atraso
Segundo o Corpo de Bombeiros, dois helicópteros foram mobilizados, no entanto, grupo não estaria mais no local indicado
Por Folha Web
Em 13/02/2018 às 11:11

Pelo menos dois helicópteros foram mobilizados para fazer de resgate de um grupo que acabou se perdendo durante uma trilha na manhã do último domingo, 11, na fronteira com a Venezuela. O Corpo de Bombeiro estaria com dificuldades para concluir a missão, uma vez que os trilheiros não permaneceram no local indicado.

Seis pessoas faziam parte do grupo. O trajeto teria iniciado por volta das 06h, nos arredores da comunidade Samã, com destino ao Marco BV7, em Pacaraima, Norte do Estado. 

Por volta das 14h, os trilheiros acabaram se perdendo. Imediatamente fizeram contato com familiares, que acionaram o grupo de busca e resgate dos Bombeiros, já que dois integrantes estavam debilitados.

As buscas pelos perdidos foram iniciadas pela equipe do CBM por volta das 09h do dia seguinte, 12, pela mata da comunidade São Miguel, no Marco BV7. Às 11h, um novo contato feito pela família relatava que grupo havia sido localizado por indígenas, que os levaram para a fazenda Retiro Tamangã, há 45 quilômetros do local onde se encontravam.

Ainda segundo as informações, um dos trilheiros seguiu viagem por uma rota da região, conseguindo pegar carona na estrada, chegando à cidade de Pacaraima no final da tarde. Pela noite, o CBM havia sido informado de que os dois rapazes debilitados haviam sido levados a cavalo para comunidade indígena de Santa Isabel para receberem ajudam médica.  

Hoje pela amanhã, por volta das 9h30, foi dado início aos trabalhos de resgate. Inicialmente, a intenção era levá-los na mesma aeronave do deputado estadual Dhiego Coelho, que se feriu após banho de cachoeira em Gran Sabana, Venezuela, mas a operação acabou ganhando o apoio do Ibama e da Sesai, que cederam os helicópteros.

Um dos helicópteros partiu quase a pouco para Santa Isabel, no entanto, segundo o CBM, a equipe de resgate foi informada de que ambos os trilheiros debilitados foram para a comunidade Nova Vitória, o que pode fazer com que a traslado deles para a capital sofra atraso.

***
Gostou?
0
0
Saúde Caburai disse: Em 13/02/2018 às 12:03:58

"meu Deus!!! Se perderam?! hahahaha me engana que eu gosto. O que mais tem é indígenas na região tenho certeza que ele indicariam o caminho d volta..., para de câo ... geração nutella cheia de mimimi"