CULTURA
Música ‘Roraimeira’ é sancionada como hino cultural do Estado
Projeto de lei de autoria do deputado Oleno Matos foi sancionado pela governadora Suely Campos. Composição será executada junto ao hino nacional e do Estado em eventos
Por Paola Carvalho
Em 11/09/2015 às 10:22

A música ‘Roraimeira’ de composição do artista José Maria de Souza Garcia, conhecido como Zeca Preto, foi sancionada como hino cultural do Estado de Roraima. O projeto, de autoria do deputado Oleno Matos, foi sancionado pela governadora Suely Campos conforme explicou o parlamentar em uma coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje, 11, na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR).

Conforme o deputado, o projeto teve início quando o parlamentar observou que outros estados possuíam a figura do hino cultural, sempre representado por uma música cultuada pela população. “Uma música que imprime a realidade do Estado como ‘Roraimeira’ é em relação a Roraima”, relatou Oleno.

“Nós vislumbramos essa oportunidade de trazer essa música ao cenário da legislação como hino cultural oficial e principalmente pra trazer ela para os nossos jovens, nas escolas, onde nossas crianças vão aprender a ter um sentimento maior por Roraima”, frisou o deputado.

Para o músico Zeca Preto, a sensação é de alegria de ter sua composição escolhida como hino cultural do Estado. “Me sinto muito honrado por ter essa música minha, uma música que foi feita em 1984 e após 30 anos se tornar o hino cultural do Estado de Roraima”, disse Zeca. “Além de ser uma música que fale das belezas da terra, ela tem uma coisa muito mais importante que é o sentimento de amor por Roraima”, comentou o artista.

Segundo Oleno, após a sanção, a próxima etapa é fazer a lei acontecer, com que todo Roraimense saiba cantar o hino cultural do Estado. “A partir de agora as solenidades culturais, oficiais, esportivas terão que ter a execução não só do hino nacional, do hino do Estado, mas também do hino nacional”, concluiu.

EXECUÇÃO

Conforme o projeto, o hino deverá ser executado nas seguintes oportunidades: abertura anual dos trabalhos legislativos; abertura de todos os eventos folclóricos e culturais do Estado e nos demais casos expressamente determinados pelos regulamentos de cerimônias de cortesias nacionais e interestaduais.

Será facultada a execução do hino na abertura de sessões cívicas, esportivas, nas cerimônias religiosas a que se associe sentido cívico, ou na abertura das atividades escolares.

Durante a execução do hino será obrigatória à atitude de respeito, conservando-se todos de pé, e em silêncio. Todos os estabelecimentos públicos ou particulares de ensino fundamental, médio e profissional do Estado deverão ensinar o canto do Hino Cultural de Roraima.

RORAIMEIRA

A música, criada por Zeca Preto foi composta para concorrer no II Festival de Música de Roraima em 1984. “O pessoal nessa época não gostava muito, foi preciso eu, Neuber (Uchõa) e Eliakim (Rufino) batalhar muito. A gente sabe que foi responsável por essa semente no coração de cada roraimense. De se orgulhar de ver a música. Isso é muito importante pra gente, não tem preço”, finalizou Zeca.

Confira a letra da música:

Roraimeira
Por Zeca Preto

Te achei na grande América do sul
Quero atos que me falem só de ti
E em tua forma bela e selvagem
Entre os dedos o teu barro o teu chão
E em tuas férteis terras enraizar
A semente do poeta Eliakim
Nos seus versos inerentes ao amor
Aves ruflam num arribe musical, musical
Os teus seios grandes serras,
Grandes lagos são os teus olhos
Tua boca dourada, Tepequém, Suapi
Terra do Caracaranã, do caju, seriguela
Do buriti, do caxiri, Bem- Querer
Dos arraiais, do meu HI-FI,
Da morena bonita do aroma de patchully
Da morena bonita do aroma de patchully
O teu importante rio chamado branco
Sem preconceito em um negro ele aflui
És Alice neste país tropical,
De um cruzeiro norteando as estrelas
Norte forte macuxi Roraimeira
Da coragem, raça, força garimpeira
Cunhantã roceira, tão faceira
Diamante ouro, amo-te poeira, poeira...

***
Gostou?
0
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!