SITUAÇÃO MIGRATÓRIA
Ministro dos Direitos Humanos visitará Roraima nesta terça
A comitiva chegará à Boa Vista às 8h30, no hangar da Base Aérea, e segue para Pacaraima. No final da tarde, retornará à Boa Vista
Por Folha Web
Em 06/03/2018 às 01:15
Gustavo Rocha foi nomeado no dia 20 de fevereiro para exercer interinamente o cargo de Ministro dos Direitos Humanos (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

O ministro interino dos Direitos Humanos, Gustavo do Vale Rocha, estará em Boa Vista e Pacaraima hoje, 6, para verificar a situação dos imigrantes venezuelanos. A viagem tem como objetivo verificar in loco a situação dos migrantes venezuelanos e da população roraimense, para apresentação de soluções concretas.

Em entrevista exclusiva à Folha, Gustavo Rocha avaliou o auxílio dado aos imigrantes pelo Governo do Estado e Prefeituras de Boa Vista e Pacaraima. “Entendo que os governos do estado e dos municípios estão fazendo o máximo dentro de suas possibilidades. No entanto, uma crise deste porte merece uma reunião de esforços ainda maior. É por isso que o Governo Federal está mobilizado para avaliar que tipo de assistência precisa ser oferecida”, disse.

“É aqui que entra o Ministério dos Direitos Humanos. Podemos ajudar a articular uma série de instituições para oferecer ajuda especializada em vários aspectos, além de colocar nossa estrutura para trabalhar em busca de soluções de acolhimento. Estamos fazendo essa articulação para somar esforços, cada um na sua especialidade e excelência, trabalhando em conjunto”, acrescentou.

Gustavo Rocha é representante titular do Ministério dos Direitos Humanos no Comitê Federal de Assistência Emergencial, criado pelo presidente da República, Michel Temer, no mês passado. O secretário-executivo da pasta integra o comitê como suplente. “Nosso papel é trazer ideias do ponto de vista da garantia aos direitos fundamentais, sempre com o respeito à dignidade e às necessidades básicas das pessoas envolvidas nesta situação tão complexa”, esclareceu.

Esta não é a primeira vez que Gustavo Rocha visita Roraima. Em fevereiro deste ano, ele acompanhou a visita de Michel Temer ao Estado, mas ainda não desempenhava a função de ministro. “Mesmo assim, pude levar um olhar voltado para os direitos humanos. Agora, estamos fazendo esta segunda visita para uma abordagem multidisciplinar, levando a Roraima uma série de instituições que têm interesse de avaliar a questão de perto e unir esforços para propor soluções”, reforçou.

AGENDA - A comitiva chegará à Boa Vista às 8h30, no hangar da Ala 7 (antiga Base Aérea). Do terminal, o ministro se desloca de carro ao Município de Pacaraima, para observar a realidade do local no trajeto e verificar a situação dos migrantes venezuelanos. Em Pacaraima, o ministro visitará o abrigo dos indígenas Warao, a Prefeitura de Pacaraima, a comarca e os prédios da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal.

De volta à Boa Vista, às 17h, o ministro interino se reúne com autoridades locais e representantes da sociedade civil do Estado, na Sede Administrativa do Tribunal de Justiça, na Avenida Capitão Ene Garcez.

Além do Ministério dos Direitos Humanos, compõem a missão a Roraima o Conselho Nacional de Justiça, o Conselho Nacional do Ministério Público, o Ministério Público da União, a Defensoria Pública da União, o Ministério da Justiça e a Polícia Federal.

???? disse: Em 06/03/2018 às 11:25:15

"Se for só pra visitar e não resolver nada, fique por ai mesmo!"