BRIGA NO CSE
Menores infratores tentam matar colega de cela por rixa entre facções
Questionados sobre o motivo da agressão os infratores disseram que a vítima fazia parte de uma facção criminosa rival a que eles integram
Por Folha Web
Em 10/01/2018 às 10:00
Os envolvidos foram levados para o 5º Distrito Policial para prestar esclarecimentos às autoridades policiais (Foto: Arquivo Folha)

Um jovem, de 17 anos, quase foi morto a golpes de barra de ferro pelos próprios colegas de cela no Centro Socioeducativo (CSE), localizado na zona Rural de Boa Vista. O caso ocorreu por volta das 21h de ontem, 09.

O menor só não morreu porque um agente sócio-orientador que fazia ronda viu o momento da agressão e chamou reforço. Ao entrarem na cela os agentes viram o menor no chão cheio de sangue com várias perfurações nas costas e cabeça.

Os agressores ainda tentaram partir para cima dos sócio-orientadores, mas foram imobilizados por policiais militares que davam apoio. Após realizar revista no quarto para encontrar a arma que os adolescentes haviam utilizado para agredir a vítima, os policiais encontraram um pedaço de ferro pontiagudo amarro em um pano.

Questionados sobre o motivo da agressão os infratores disseram que a vítima fazia parte de uma facção criminosa rival a que eles integram, o que foi negado pela vítima. Os envolvidos foram levados para o 5º Distrito Policial para prestar esclarecimentos às autoridades policiais. A vítima foi atendida pelo Samu, que prestou os primeiros socorros.

***
Gostou?
2
12
Fernando disse: Em 10/01/2018 às 11:26:03

"Quer dizer, parecem mais bichos do que gente. Bichos do inferno, porque nem bicho costuma fazer isso."