BEM MORAR SERVIDOR
Mais de 800 servidores serão contemplados na primeira etapa
Primeiro residencial será construído na Rua Santa Clara, no bairro Centenário; Outros dois conjuntos serão no Caranã e Pricumã
Por Folha Web
Em 07/03/2018 às 01:20
Governadora Suely Campos: “Nós todos sabemos o quanto é importante ter nossa casa própria” (Foto: Nilzete Franco)

Os funcionários públicos estaduais têm mais uma oportunidade para conquistar a casa própria. O Bem Morar Servidor, programa do Governo do Estado, que vai beneficiar milhares de roraimenses contemplará, em sua primeira etapa, 840 funcionários públicos. Ao todo, 1.680 serão beneficiados. A apresentação do empreendimento foi feita ontem, 6, no bairro Centenário, onde o primeiro residencial será construído.

Localizado na Rua Santa Clara, o conjunto habitacional terá apartamentos com tamanhos variados. A área de 48.600 m² pertence ao Estado. Devem ser construídas unidades habitacionais de 15 andares por torre, que contemplam área de lazer, piscina, quadra de esporte. Os apartamentos serão financiados em três tipos: faixa 2, 3 e 4, de acordo com a renda do servidor, nos mesmos moldes do Programa Minha Casa, Minha Vida.

A viabilização desse projeto vinha sendo articulada há algum tempo pelo Governo do Estado. “Esta iniciativa vai ao encontro de uma antiga reivindicação dos servidores estaduais, bem como de seus familiares. Nós todos sabemos o quanto é importante ter nossa casa própria”, enfatizou a governadora Suely Campos.

Segundo o secretário-chefe da Casa Civil, Frederico Linhares, o programa habitacional Bem Morar Servidor tem o intuito de valorizar os trabalhadores da rede estadual. As inscrições do projeto devem ser feitas exclusivamente pela internet no endereço www.servidor.rr.gov.br ou www.habitacao.rr.gov.br. “A proposta é valorizar nosso servidor e dar a oportunidade para ele conquistar a casa própria, que é sonho de todo trabalhador”, disse. Linhares ainda afirmou que os preços do financiamento dos apartamentos são acessíveis. O servidor passará por uma avaliação de crédito bancária para a contemplação.

Três conjuntos habitacionais serão construídos. O primeiro no bairro Centenário, posteriormente outro no Caranã, com 480 unidades habitacionais, e o último no Pricumã, com 360 unidades habitacionais. A proposta foi encabeçada a partir de pesquisas de satisfação realizadas pelo Governo do Estado. “Percebemos que muitos servidores clamam pela sua casa própria, para fugir do aluguel. Com base nisso, procuramos apoio para a importante realização desse programa”, informou Linhares.

SELEÇÃO – No primeiro momento, o servidor vai preencher a ficha cadastral e depois será chamado para apresentação da documentação necessária, para que o banco avalie se o trabalhador atende aos critérios estabelecidos. Os documentos ainda podem ser entregues no Instituto de Previdência (Iper). Mas é importante que os servidores enviem o mais rápido possível. A análise de crédito para o financiamento dos apartamentos ficará a cargo das Agências Financiadoras (Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal) que irão analisar se os servidores atendem aos critérios de seleção. (E.S)

gsilva disse: Em 24/08/2018 às 12:40:53

"Alguém tem previsão quando vai sair a relação de aprovados pelo banco dessas casas. por to cansado de pagar aluguel que dorme acorda e come comigo todo mes."

Senty Nella da Silva disse: Em 07/03/2018 às 18:23:05

"Muito bem. Parabéns aos funcionários do estado que ainda estão no aluguel. Que não pode entrar no minha camisa minha vida porque a renda está acima e não pode financiar pela caixa porque a renda é baixa."

pimpolho disse: Em 07/03/2018 às 16:14:03

"Engraçado!a grande maioria dos servidores estão inscritos no Serasa por não repasse dos consignados!como vão ser aprovados seus contratos com a caixa?"

Manuel disse: Em 07/03/2018 às 08:14:01

"15 andares... O Varandas do Rio Branco tem acho que 12.... Nossa. Até bem pouco tempo atras comentava-se que o solo da região não era viável a construção vertical... Bom Boa Vista estará começando a alcançar o céu."