CAMPANHA
Irmão de venezuelana assassinada pede ajuda para translado do corpo
Para juntar o valor, Hector Conde está vendendo seu celular e um cordão de ouro
Por Folha Web
Em 28/12/2017 às 14:00
Katerina foi encontrada morta na segunda-feira de natal (25) (Foto: Divulgação)

Alguns funcionários do IML (Instituto Médico Legal) e da Funerária Monte Roraima estão pedindo ajuda em nome de Hector Conde, irmão da Venezuelana Katerina Del Valle de 28 anos. O jovem precisa juntar dinheiro, no valor de R$720 reais, para cobrir as despesas do translado para a cidade de Bolivar na Venezuela, onde deverá sepultar o corpo da irmã.

Segundo Hector, ambos os irmãos deixaram a cidade onde nasceram, na Venezuela, para buscar emprego e sustento no Brasil. Mas, ainda assim, encontraram muitas dificuldades. Katlen ficou desaparecida por cerca de duas semanas, até que seu corpo foi encontrado pela Polícia com sinais de violência na segunda-feira de natal (25).

 

Como ajudar?

Para juntar o valor, Hector está vendendo seu celular e um cordão de ouro. Apesar disso, quem quiser contribuir com qualquer valor, pode deixar uma doação na Funerária Monte Roraima, localizada na Av Princesa Isabel, 460, Jardim Floresta, ou entrar em contato pelos telefones 991254136 e 981230888.

Caso- O corpo foi encontrado com várias marcas de espancamento na madrugada desta segunda-feira (25) em uma área de matagal, no bairro Alvorada, zona Oeste da cidade.

Segundo a Polícia, o corpo estava amarrado. Aparentemente, o óbito ocorreu no dia 23, já que o corpo estava em estado avançado de decomposição. A Polícia investiga o caso.

***
Gostou?
4
14
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!