FORÇA NACIONAL
Governo trabalha para que Força Nacional seja permanente, diz ministro
Ministro da Justiça, Torquato Jardim, defende que iniciativa se mantenha Roraima e outros quinze estados
Por Folha Web
Em 30/11/2017 às 15:00
Em Roraima, o efetivo da Força gira em torno de 100 agentes (Foto: Divulgação)

Para estender o resultado da Força Nacional em operações por todo o País, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, defendeu a transformação da iniciativa em uma organização permanente.

“Vocês são tão bem-sucedidos, que o presidente da República já se convenceu de que é necessário tornar permanente a Força Nacional“, disse Jardim durante solenidade comemorativa pelos 13 anos do programa, nessa quarta-feira (29), em Brasília.

O projeto já realizou mais de 300 grandes operações em apoio a estados e outros órgãos federais. Atualmente, a Força Nacional participa de 16 operações nos estados de Roraima, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe.

"Esse importantíssimo programa de cooperação federativa vem conquistando expressivo relevo nacional em decorrência das diversas atividades imprescindíveis à preservação da ordem pública nos estados da federação, em apoio a governadores e ministros de Estado”, ressaltou o secretário nacional de Segurança Pública adjunto, almirante Alexandre Mota.

A Força Nacional foi desenvolvida em 2004 para atuar em emergências e calamidades. Para a atuação do efetivo em um estado ou município, o apoio deve ser solicitada pelo governador do estado ou do Distrito Federal.

Em Roraima, o efetivo da Força gira em torno de 100 agentes e atua prestando apoio ao Desipe (Departamento do Sistema Penitenciário) e à PMRR (Polícia Militar de Roraima).

***
Gostou?
6
180
Castro disse: Em 30/11/2017 às 17:58:17

"Governo monte através de concurso sua própria polícia competente e capaz é pare de tapar o sol com a peneira ou pede pra sair"