REGISTRO DE ATLETAS
Falha no sistema da Faap deixa atletas fora do BID e FRF adia início do Estadual 2018
O presidente da FRF, Zeca Xaud explicou que o problema foi na Faap que não expediu a certidão negativa que os clubes pagaram pelos atletas. Sem essa certidão a CBF não divulga os atletas no BID
Por Ribamar Rocha
Em 27/02/2018 às 00:22
Presidentes de clubes aprovaram a medida de adiar o Estadual (Foto: Arquivo Folha)

Uma falha no sistema da Fundação Associação de Atletas Profissionais (Faap) impediu o registro de atletas do Real de São Luiz do Anauá, Náutico e Progresso de Mucajaí no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Com isso os três clubes que estreariam no Campeonato Estadual nesta terça-feira, entraram com ofício junto à Federação Roraimense de Futebol (FRF) solicitando adiamento da rodada de abertura para a próxima quinta-feira, dia 1º de março. O pedido foi acatado pelo presidente da entidade Macuxi, Zeca Xaud. 

“O problema está na Faap que não expediu a certidão negativa que os clubes pagaram pelos atletas e sem essa certidão a CBF não pode divulgar os nomes dos atletas no BID e se não está no BID não pode jogar, então tivemos que acatar o pedido dos clubes e adiar o início do Estadual para a próxima quinta-feira”, afirmou.

Desta forma, segundo Xaud, a abertura do Estadual fica para a quinta-feira com os jogos entre Atlético Roraima x Real de São Luiz do Anauá, começando às 19h20, e na sequência, às 21h20, jogam Progresso de Mucajaí e Náutico. Na sexta-feira, dia 2, a tabela do certame segue normalmente como divulgada anteriormente com a segunda rodada com Baré x GAS iniciando às 19h20 e logo após jogam São Raimundo x Rio Negro, às 21h20.

“Essa mudança não tem nada com a Federação, foi problema de clubes com a Faap, mas temos que acatar e como os jogos serão de portões abertos não teremos problemas de ingressos em adiar os jogos”, disse.

ABERTOS – Em reunião com os clubes, o presidente da Federação Roraimense de Futebol (FRF), Zeca Xaud, decidiu por abrir os portões do Estádio Ribeirão para as torcidas nas duas primeiras rodadas do Primeiro Turno do Estadual.

“Temos a certeza de um bom campeonato, com jogos muitos disputados, e quem ganha com isso é a torcida, por essa razão decidimos abrir os portões do Estádio Ribeirão nas primeiras rodadas para que as torcidas dos clubes possam conhecer seus times e venham torcer para incentivá-los. Depois vamos decidir se cobramos o ingresso nas outras rodadas”, disse.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!