LIVROS
Escritor e ilustradora roraimenses recebem Prêmio Jabuti de Literatura
Na 59ª edição do prêmio, foram 2346 inscritos, então selecionados entre os finalistas em 29 categorias
Por Raisa Carvalho
Em 02/12/2017 às 00:24
A cerimônia de entrega dos prêmios foi no Ibirapuera (Fotos Divulgação)

O escritor Cristino Wapichana e a ilustradora Ina Carolina, ambos roraimenses, receberam em cerimônia no Auditório Ibirapuera, o prêmio Jabuti nas categorias Infantil e Infantojuvenil, em uma das competições literárias mais importantes do país. Na 59ª edição do prêmio, foram 2346 inscritos em 29 categorias. Na cerimônia de entrega, a escritora Ruth Rocha foi homenageada com o prêmio Personalidade Literária, dado pelo conjunto de sua obra. Também foi encenada uma cena da peça "O reizinho mandão", inspirada em um texto da autora.

Cristino Wapichana venceu a categoria "Melhor Livro Para Crianças 2017 e Melhor Ilustração 2017" pelo livro "A Boca da Noite" e ilustrado por Graça Lima, publicado pela Zit Editorial.

“O livro venceu vários prêmios, entre eles, uma menção honrosa para escritores indígenas, uma de suas ilustrações foi capa do Catálogo de Bolonha que tem a maior feira de livro infantil do mundo, ele também ganhou um selo chamado ‘altamente recomendado’ que diz que o livro é ótimo para a leitura infantil e juvenil, nenhum autor de Roraima conseguiu tantas coisas com um livro só, agora temos roraimenses que venceram esse Prêmio Jabuti.” Relatou o escritor.

Além dele, a ilustradora e escritora Ina Carolina que divide a autoria do Kidsbook Itaú Criança com grandes nomes como Fernanda Takai, Marcelo Rubens Paiva e Alexandre Rampazo, Luis Fernando Veríssimo e Willian Santiago, Adriana Carranca e Brunna Mancuso, Antonio Prata e Caio Bucaretchi. A ilustradora nasceu em Boa Vista e hoje vive em São Paulo. Atualmente, Ina trabalha com modelagem 3D para filmes de animação e ilustração enquanto cuida de sua filha de um ano e dois meses.

A artista aprendeu com seu pai os fundamentos do desenho e principalmente o gosto por ele, e esse gosto foi passando de uma brincadeira de criança a um hobbie e aos poucos então foi se tornando uma profissão.

“Para mim foi uma surpresa e uma felicidade muito grande. Eu jamais poderia imaginar nada próximo disso, primeiro um convite da Fernanda, uma pessoa que eu admiro há tanto tempo, para ilustrar o seu livro e depois receber um prêmio importante como o Jabuti ao lado de tantos autores e ilustradores incríveis, é no mínimo muita ousadia para essa menina do Extremo Norte do Brasil e eu torço que seja apenas o começo”, disse.

Ina mantém uma conta no Instagram (@inacarolina) onde posta regularmente desenhos que contam sobre seu dia, lembranças e pensamentos, uma espécie de diário ilustrado, em 2015 lançou o quadrinho independente “apneia” e 2016 ilustrou a história “O Cabelo da Menina”, de autoria de Fernanda Takai, para o projeto “Leia para uma criança” do banco Itaú.

Prêmio Jabuti

Em 2017, o Jabuti completa 59 anos e a CBL continua a trabalhar firmemente para que permaneça como o mais desejado Prêmio do País. O Prêmio Jabuti é o mais importante prêmio literário do Brasil. Lançado em 1959, foi idealizado por Edgard Cavalheiro quando presidia a Câmara Brasileira do Livro. O escritor a receber mais vezes o prêmio foi Dalton Trevisan, tendo sido premiado quatro vezes na categoria Conto, em 1960, 1965, 1995 e 2011.

***
Gostou?
0
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!