CLIMA TENSO NA FRONTEIRA
Em Pacaraima moradores fazem manifestação contra imigrantes
População afirma que o movimento é em protesto as ações criminosas cometidas por alguns imigrantes naquela região.
Por Folha Web
Em 18/08/2018 às 11:38
Clima tenso nas ruas de Pacaraima. (Fotos: reprodução vídeos)    

Na manhã deste sábado, 18, moradores do município de Pacaraima, cidade brasileira que faz fronteira com a Venezuela (VE), estão realizando uma manifestação contra os imigrantes venezuelanos envolvidos em crimes e que residem naquela região.  

A reportagem da FolhaWeb conversou com um dos organizadores da manifestação, Vanderbegue Riberio.

Ele explicou ainda que a motivação do movimento ocorreu após o espancamento de um dos comerciantes de Pacaraima que foi removido as pressas para o Hospital Geral de Roraima (HGR) na noite de sexta-feira, 17.

Ele teria sido espancado por quatro pessoas que seriam de nacionalidade venezuelana, porém não há esta confirmação ainda junto as autoridade policiais.  

“Vamos permanecer o dia todo, pois essa noite [17 de agosto] mais um morador de Pacaraima foi vítima do vandalismo de alguns imigrantes que atravessam a fronteira para cometer crimes. Eles renderam a família toda e o espancaram. Ele foi mais uma vítima e precisamos que as autoridades tomem providências”, pede o morador fronteira.

Os manifestantes queimaram e destruíram barracas de imigrantes que residem em abrigos improvisados nas ruas de Pacaraima. Veja o vídeo:   

A reportagem entrou em contato com o Exército Brasileiro e também com o Governo do Estado, para saber como está sendo a atuação das forças de segurança neste momento. 

Luiz Junior disse: Em 19/08/2018 às 14:40:40

"Acho engraçado, poucos conhecem a vida de quem realmente mora em Pacaraima. Poucos entendem a necessidade do comércio entre os dois países. Poucos tem a percepção de que Roraima vive o caos. Mas o importante para eles é distribuir flores, achar que as vítimas deram mole, concordar com invasões e estar alienado ao que a mídia (esquerdista) do Brasil divulga. Brasil, o único país onde um preso quer ser candidato. Por isso vivemos o caos, montados e apoiados por nós mesmos"

costa disse: Em 19/08/2018 às 10:53:54

"não sou defensor de quem pratica crimes de qualquer natureza seja imigrante ou não,mas acho que enquanto prevalecer a intolerância, e principalmente falta de amor ao próximo, não chegaremos a lugar nenhum ,como já foi dito violência gera violência,querer resolver a situação da imigração e dos crimes praticados por eles, usando a violência e a repressão,vocês se tornaram tao CRIMINOSOS quanto eles eu tambem me revolto com tudo isso que esta acontecendo,mas não posso sair por ai pra querer resolver ao meu modo,ja pensou no caos se todos resolvessem agir assim,pra isso existem as leis e seus mecanismos por mais lenta e seletiva que seja. "

ana kelli de oliveira disse: Em 19/08/2018 às 12:02:59

"Se fosse sua mãe que tivesse sido espancada duvido que pensaria assim! "

GABIGOL disse: Em 19/08/2018 às 10:06:07

"Eu apoio a manifestação desses brasileiros esquecidos de pacaraima , que sofrem com a violencia ."

Fernando disse: Em 18/08/2018 às 22:16:39

"Pior é a mídia nacional, que não mostra a realidade como ela é e coloca o povo roraimense como algozes, enquanto os venezuelanos sempre aparecem como coitadinhos."

rnuj disse: Em 18/08/2018 às 16:40:55

"nao lembro de haitiano batendo em soldado brasileiro, roubando se prostituindo..."

Macuxi disse: Em 18/08/2018 às 16:37:31

"Gentileza gera gentileza. Violência gera violência! Então, tenhamos respeito, equilíbrio, amor ao próximo e etc."

Luiz Junior disse: Em 19/08/2018 às 07:03:44

"Leva os gentis pra sua casa. Passa o endereço "

Roraima disse: Em 18/08/2018 às 12:52:52

"Cadê os direitos humanos agora para defender a vítima de tentativa de latrocínio?"

Pimentel disse: Em 18/08/2018 às 12:35:33

"Vamos fechar a fronteira gente, esses juízes não pensam em nós não. Quem sofre com tudo isso é sempre a população brasileira aqui do Estado. Não tem mais condição de entrar mais nenhum imigrante ."