PERIODONTITE
Doença causa inflamação, sangramento e dentes moles
Assim como a gengivite, a periodontite também provoca inflamação do tecido gengival
Por Raisa Carvalho
Em 06/02/2018 às 00:05
Segundo ortodontista, os principais sintomas da periodontite é a inflamação gengival com sangramento da gengiva (Foto: Nilzete Franco)

Uma boa escovação pelo menos três vezes ao dia, o uso do fio dental e uma consulta regular com o cirurgião-dentista a cada seis meses são essenciais para prevenir doenças, entre elas, a periodontite. Uma das principais causas de perda dentária, ela atinge cerca de 90% da população mundial, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Assim como a gengivite, a periodontite também provoca inflamação do tecido gengival. Essa vilã normalmente surge por conta do acúmulo de tártaro que se forma a partir das placas bacterianas, reflexo de uma higiene bucal incorreta e da ausência nas visitas ao dentista.

“A doença causa inflamação do tecido conjuntivo que liga o osso ao dente. Essa inflamação leva à destruição desse tecido conjuntivo e do osso causando a mobilidade dos dentes, ou dentes moles”, explica a ortodontistas Tayna Cruz.

É complicado notar o surgimento da periodontite por ser uma doença muito silenciosa, mas existem alguns sinais que podem ser percebidos. Assim como toda doença bucal, a periodontite tem suas consequências que refletem não só na boca, mas também no organismo como um todo.

“Geralmente a periodontite é a evolução da gengivite. Essa progressão pode ocorrer pelo tempo e o não tratamento da gengivite, ou nos casos de evolução mais rápida por uma falha na resposta imunológica do paciente”, explica a especialista.

Os principais sintomas da periodontite são: inflamação gengival com sangramento da gengiva, cálculo ou tártaro dental, perda óssea e conjuntiva e mobilidade dos dentes. Podendo causar dor.

Como saber se estou com periodontite?

Se houver sangramento dental e sensação de dentes moles, sem que tenha ocorrido qualquer tipo de trauma, procure uma dentista de confiança para realizar uma avaliação odontológica e consequentemente um correto diagnóstico da doença.

O tratamento consiste primeiro na tartarotomia (retirada do tártaro), polimento e aplicação de flúor. A dentista também reforça que se não houver uma melhora na qualidade da higiene diária, nenhum procedimento vai adiantar.

O que é a doença?

A doença periodontal é caracterizada pela inflamação e destruição dos tecidos de proteção (gengiva) e suporte (osso, cemento e ligamento periodontal) dos dentes. A principal causa é a higiene bucal insuficiente associada à suscetibilidade do sistema imunológico. Sem a limpeza adequada da boca, bactérias, restos de alimentos e células mortas produzem o chamado biofilme bacteriano – popularmente conhecido como placa bacteriana. O biofilme pode provocar a inflamação da gengiva (a gengivite em si), que, se não tratada, evolui para periodontite.

***
Gostou?
0
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!