AÇÃO POLICIAL
Dicap prende condenado por estupro no Cantá
Francimar Cadete, 36 anos, estava com prisão preventiva decretada desde 18 de dezembro de 2017
Por Folha Web
Em 17/01/2018 às 11:02
Familiares tentaram dificultar os trabalhos da Dicap, mas o órgão conseguiu êxito na prisão de Francimar Cadete (Foto: Divulgação/Dicap)

Agentes da Divisão de Inteligência e Captura (Dicap) da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), em conjunto com policiais militares do Município do Cantá, prenderam o início da manhã desta quarta-feira, 17, o foragido da justiça Francimar Cadete da Silva, de 36 anos.

Ele estava com prisão preventiva decretada desde o dia 18 de dezembro do ano passado por estupro de vulnerável, crime pelo qual foi condenado a 29 anos e 2 meses de prisão em regime fechado.

De acordo com a Dicap, Francimar Cadete foi localizado na casa de familiares na Vila Central. Durante a prisão, parentes tentaram dificultar o trabalho dos agentes, alegando que o homem não estava na residência, no entanto, as equipes o monitoraram um cerco que resultou em sua localização.

Após a prisão, o mesmo foi apresentado a delegada Eliane Gonçalves, responsável pelo Núcleo de Proteção a Criança e ao Adolescente (NPCA), para a adoção das medidas cabíveis. Ele foi encaminhado para a Cadeia Pública Masculina de Boa Vista (CPMBV).

DENÚNCIA - A Dicap ressalta ainda que a participação da população é indispensável para que os serviços do órgão tenham êxito. Para isso, disponibiliza os telefones para denúncia.

Que tiver conhecimento de paradeiro de foragidos da justiça, pode entrar em contato com a Dicap nos telefones 08002780130 ou 991399529 (WhatsApp), ou ainda por meio da  página no Facebook dicap.rr. A identidade será mantida no mais absoluto sigilo.

Divulgação/Dicap
Divulgação/Dicap
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!