COM ARMA CASEIRA
Bandidos fazem família refém
Um vizinho percebeu a movimentação estranha e flagrou o momento que o suspeito fugia
Por João Barros
Em 02/03/2018 às 01:10
Foto: Divulgação

Um vendedor de lanches, de 23 anos, e sua família foram alvo de uma ação criminosa realizada por dois criminosos, no fim da noite da quarta-feira, dia 28. O fato ocorreu na rua CC-27, Conjunto Cidadão, bairro Senador Hélio Campos, zona oeste da Capital. A vítima e outras três pessoas foram amarradas enquanto seus pertences eram roubados.

Segundo a Polícia Militar, a guarnição do 2º Batalhão foi acionada para atender uma ocorrência de roubo de motocicleta e quando chegaram ao local, o dono da casa informou que dois indivíduos entraram no imóvel e anunciaram o assalto, um deles armado com arma caseira. Os criminosos obrigaram todos os familiares do vendedor a entrar na residência, sendo duas irmãs e a esposa dele. Os quatro foram amarrados juntos.

Enquanto estavam amarrados, os assaltantes faziam ameaças e estavam muito nervosos, agredindo o vendedor e pedindo dinheiro. Depois de revirarem toda a casa encontraram a quantia de R$ 200. Eles tomaram os celulares, pediram a chave da motocicleta e fugiram no veículo que também pertence à vítima.

Um vizinho percebeu uma movimentação estranha e foi até a residência da vítima para ajudá-la. Ele avistou o momento da fuga do assaltante que usava a moto roubada e decidiu segui-lo. Após acompanhamento por aproximadamente três quilômetros, o suspeito abandonou o veículo por ter apresentado problemas mecânicos.

Os policiais, com a ajuda do vizinho, fizeram buscas pelas imediações, mas não conseguiram localizar o assaltante. A moto foi restituída ao verdadeiro proprietário e não foi apresentada ao delegado da Central de Flagrantes, onde a ocorrência foi registrada, porque não havia meios para levar o transporte até a Delegacia. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!