SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA
Audiência Pública discute tema da Campanha Fraternidade 2018
O lema da Campanha é: ‘Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8)’
Por Folha Web
Em 02/03/2018 às 20:00
Requerimento é de autoria do deputado Evangelista Siqueira-PT (Foto: Pesquisa por imagem)

Está prevista para o dia 15 de março, a partir das 15h, no plenário Noêmia bastos Amazonas, da Assembleia Legislativa de Roraima, uma audiência pública para abordar sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2018, intitulado ‘Fraternidade e Superação da Violência’ com o lema: ‘Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8)’.

Serão convidados representantes de órgãos públicos, movimentos sociais, sociedade civil e entidades religiosas para que discutam os caminhos da violência crescente em Roraima.

“Fui procurado por entidades ligadas a Diocese de Roraima, que querem discutir o tema da Campanha da Fraternidade de 2018 aqui na Casa Legislativa e o tema é bem pertinente. Vivemos em um Estado onde os índices de violência são altíssimos”, esclareceu o deputado Evangelista Siqueira.

Para ele, é importante a Casa Legislativa participar deste processo de discussão, uma vez que é neste local a aprovação das leis e de políticas públicas que regem a vida do cidadão em Roraima.

“A Campanha da Fraternidade é trabalhar mecanismos que vise superar a violência. Quero convidar as pessoas que querem participar desse momento com contribuição, a discussão”, explicou.

Campanha – O tema da Campanha da Fraternidade para este não foi escolhido em um seminário da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em 2016 e aprovado pelo Conselho Episcopal Pastoral (Consep) devido ao grau de complexidade e de crescimento em todo o Planeta.

Indicações – O parlamentar apresentou nesta semana três indicações ao Poder Executivo, para atendimento de reforma e adequação de escolas no interior do Estado, principalmente nos municípios de Normandia e Pacaraima, ambos localizado na região Norte de Roraima.

Segundo Evangelista Siqueira, durante o recesso parlamentar, compreendido entre janeiro até a segunda quinzena de fevereiro deste ano, ele e a equipe itinerante percorreram essas localidades e identificaram algumas deficiências da área da educação do Estado.

“As escolas estão com estrutura precária, a parte elétrica danificada e, principalmente, faltando material pedagógico. Fizemos uma indicação ao Governo do Estado pedindo com urgência para que resolva esses problemas nos municípios”, contou.

O parlamentar sugeriu ao Executivo a reforma e adequação da rede elétrica da escola estadual Mariano Vieira, em Normandia. Em Pacaraima, Siqueira orientou ao Estado a execução de uma reforma no prédio da escola Estadual Indígena Siminiyo, da Comunidade Indígena do Canta Galo, bem como a aquisição de material pedagógico para esta instituição.

“Sabemos que as problemáticas são enormes no contexto nacional e no Estado inteiro. A urgência nesse processo pedagógico se faz necessário”, frisou o deputado.

#ale-rr

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!