PUBLICIDADE
COM ARMA DE FOGO
Adolescente é apreendido após roubar criança de nove anos
Por João Barros
Em 11/01/2019 às 00:15
Uma arma falsa foi apreendida e menor foi autuado em flagrante por ato infracional de roubo (Foto: Divulgação)

O começo da noite de quarta-feira, 9, foi bastante movimentado na Rua José Renato Hadad, bairro São Bento. Policiais militares faziam patrulhamento e contaram que, por volta das 19h30, avistaram uma correria e ouviram um senhor venezuelano pedindo socorro e gritando que ladrões haviam roubado seu filho.

Ele foi até os policiais e disse que seu filho, de apenas nove anos, foi vítima de um roubo de celular, com emprego de arma de fogo, informando as características dos indivíduos, que têm estatura mediana e andavam numa bicicleta. Para praticar o crime, os infratores aproximaram-se da criança com a ameaça de violência e lhe tomaram o telefone.

Em algumas buscas foram feitas pelas imediações os policiais avistaram os suspeitos e deram ordens de parada, mas todas foram desrespeitadas. Inclusive, os sujeitos correram para um matagal que fica nas proximidades, momento em que um deles apontou uma arma para um dos policiais que revidou com um único tiro, que não acertou o alvo.

O menor, armado, conseguiu fugir e se esconder por detrás de um buritizal. Como era uma área escura, não foi possível localizá-lo em meio à vegetação. Mas o cerco policial foi realizado e o comparsa, preso, sendo um adolescente, de 15 anos, que carregava uma pistola falsa. Para impedir que o infrator fugisse e para resguardar a integridade física de todos os envolvidos no caso, algemas foram usadas na condução do elemento até a Central de Flagrantes do 5o DP.

O menor infrator ficou com arranhões no rosto e no corpo, mas disse, diante da delegada de plantão, que foi resultado de uma queda enquanto fugia da polícia.

Considerando todos os fatos e a materialidade do crime, bem como o relato do pai da criança, a autoridade policial lavrou o Auto de Apreensão em Flagrante por Ato Infracional (AAFAI), de modo que o adolescente foi encaminhado para audiência com instituições que lidam com menores infratores antes de ser levado para o Centro Socioeducativo (CSE) Homero de Souza Cruz Filho que fica na zona rural de Boa Vista. (J.B)

***
Gostou?
0
0
PUBLICIDADE
Fabricio Maia disse: Em 11/01/2019 às 06:52:33

"Tem que meter a porrada, opinião minha: fez e quando sair vai fazer novamente."